X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

10 motivos: porque algumas pessoas amam o que fazem?

Pessoas que amam o que fazem estão sempre conectadas com o entusiasmo de sua infância

Entenda os motivos de algumas pessoas amarem suas profissões. 10 motivos: porque algumas pessoas amam o que fazem, no Jornal do Empreendedor.


Internet Trends 2019Powered by Rock Convert

Algumas pessoas realmente amam o que fazem. E, quando digo que “amam”, não quer dizer que não tenham um dia em que preferiam não fazer nada, mas que estão convictos da área de atuação que escolheram para usas carreiras.

Pessoas que amam o que fazem estão sempre conectadas com o entusiasmo de sua infância

Pessoas que amam o que fazem estão sempre conectadas com o entusiasmo de sua infância.

A primeira coisa que estas pessoas pensam ao acordar é em qual desafio enfrentarão naquele dia, o contrário de muitos de nós, que apenas ficamos com medo de que algo ruim possa acontecer. Eles pensam nisso com entusiasmo.

1. Raramente se sentem desconectados de seu desafio incial, aquele que despertou seu interesse

Mesmo com a carreira avançada e muitos anos de experiência, é comum que a pessoa que realmente ama seu serviço não se sinta desconectada daquilo que a motivou a começar a atuar em uma área. É complicado manter o foco, é claro, principalmente com o monte de coisas que acontece em nossa vida profissional. Mas a pessoa que ama o que faz geralmente se esforça para voltar ao ânimo inicial.

2. Estão muito bem sintonizados com a infância

Eu queria que mais pessoas pudessem escavar as próprias histórias e voltar até a infância, para se conectar com as lembranças mais antigas e importantes. A memória é um arquivo incerto, do qual não podemos ter certeza de nada, uma vez que a ciência ensina que nosso cérebro reconstrói as lembranças a partir de algo que realmente ocorreu, mas que preenche alguns detalhes com realidades imaginadas. Mesmo assim, podemos escavar nossas mentes e procurar aquele entusiasmo e paixão que só possuímos em nossa mais tenra idade.
Pessoas que realmente amam seu trabalho fazem isso – na verdade, o tempo todo – entram em contato com aquela criança que adorava ler e escrever, contar histórias, construir prédios com peças de Lego… O importante é que estas pessoas mantém a energia da infância na perspectiva adulta.

3. Eles pensam em portfólio

Pesquisas mostram que a gestão de um fracasso ou sucesso está diretamente ligada à elaboração de um portfólio pessoal. Quando falamos de portfólios, nos referimos a uma mistura de suas experiências boas e ruins. Uma demonstração de experiência negativa não destrói seu portfólio, pois todas as carreiras são feitas de épocas positivas e negativas. Se você pretende amar o que faz, ou fazer o que ama, saiba balancear estas experiências.

4. Eles não se importam com o que você pensa

Não quero que esta afirmativa soe vazia ou clichê, mas a verdade é que as pessoas que amam o que fazem estão pouco se lixando para a sua opinião. Imagine uma pessoa que sonhou a vida toda, desde pequeno, em trabalhar com animais – seja em zoológico, seja como veterinário, não importa. Então, um conselheiro vocacional visita a sua escola e diz que a pessoa é muito talentosa, mas que seu sonho não passa disso – sonho. Diz que nosso personagem tem que aproveitar suas habilidades considerando a praticidade, o salário, o renome. O conselheiro considera tudo. Menos o amor que a pessoa tem pelos animais.
Infelizmente, para muitos de nós, esta é uma realidade, seja em casa, seja na escola. Somos induzidos a seguir carreiras que não condizem com nossa personalidade e vontade, e temos receio de dizer: “obrigado, mas não. Eu prefiro fazer algo que amo”. A boa notícia é que nunca é tarde o bastante para mudarmos de ideia.

5. Eles planejam uma sucessão

Passei a vida toda trabalhando em ambientes corporativos, mas também tenho espasmos de horror com alguns termos deste meio que me dão nos nervos. No entanto, não tenho como evitar o “planejamento de sucessão“, já que esta é uma característica muito presente naqueles que amam o que fazem. Eles planejam sua sucessão, geralmente treinando alguém para lhes substituir quando chegar a hora. E a hora sempre chega, seja pela aposentadoria, seja pela morte.
Pessoas que amam seu trabalho não apenas sabem disso como partilham suas paixões com este futuro substituto, pois querem que ele desempenhe bem o seu papel. Eles não fazem isso porque a companhia manda, mas porque querem.

6. Eles amam seu trabalho. Mas também podem sair.

Porque eles saem de uma empresa, se amam o que fazem? Bem, justamente por amar o que faz, este tipo de pessoa não deixa que uma organização tenha o monopólio sobre seu “combustível”. Uma vez que o trabalho não lhe seja mais satisfatório, geralmente por questões beneficiárias, eles não hesitam em partir para outra. Gostaria de dizer que isso não é pessoal, mas a verdade é que isso é extremamente pessoal. Não teria como não ser. Estamos falando de alguém que trabalha com aquilo que o motiva para a vida. Seu trabalho passa a ser parte essencial daquilo que esta pessoa é.

Internet Trends 2019Powered by Rock Convert

7. Ninguém pode pará-los

Já perdi a conta de quantos gerentes eu vi tentando impedir um apaixonado de perseguir o que queria – em vão, é claro. O gerente tinha um plano do qual esta pessoa fazia parte, mas não adianta tentar controlar alguém que está convicto do que quer. Ainda que sua participação no plano do gerente possa lhe render bons frutos e ainda que a negativa de participar disso lhe custe o emprego, a pessoa que realmente ama o trabalho que faz pois o escolheu, ou que busca trabalhar com o que ama, não se importará.

8. Eles atraem as pessoas sem nem ao menos tentar

Me perdoe o clichê, mas “paixão vende“. E vende mesmo. Pessoas querem estar próximas de quem é apaixonado pelo que faz, pois este é um sentimento contagioso. Coloque uma pessoa apaixonada pelo que faz no meio de um grupo onde outros executam a mesma função sem paixão alguma e logo perceberá a diferença e se perguntará o porque dos outros estarem ali. Algumas pessoas estarão tão cansadas que provavelmente não mudarão sua perspectiva, mas outras logo perceberão a diferença. E quando sentirem o sabor da excitação, logo vão querer agir assim também. Este é o contágio e, quando ele acontece, um ciclo de positividade se espalha nos arredores.

9. Eles vivem o agora

Pessoas que amam o que fazem não ficam pensando no futuro – não esperam muito tempo para ver se as “peças se juntam”, ou qualquer outro eufemismo para um “pensamento quase-esperançoso”. Tudo bem que nada acontece sem trabalho, tempo e mais trabalho. Mas se você acha que vai convencer um apaixonado de que as forças externas precisam estar alinhadas antes que ele possa agir, tire o cavalinho da chuva. O “agora” é precioso para eles, pois acaba com a velocidade de uma batida de coração. E esta é uma das lições mais importantes que eles nos ensinam.

10. Eles nunca – nunca – limitam sua visão para servir aos interesses de uma concorrência mesquinha

Como diria Stephen Covey, as pessoas altamente eficazes não enxergam a pizza com um número limitado de pedaços. Na verdade, para estas pessoas, a pizza é do tamanho suficiente para alimentar a todos, então eles não se importam que o outro tenha a sua fatia. Não podemos fugir do fato de que vivemos e uma cultura de competição – ou que somos espécies competitivas, assim como as outras espécies do planeta – mas há uma grande diferença entre competição necessária e saudável e uma busca sem fim por uma vitória mesquinha. Pessoas que amam o que fazem também são competitivas. No entanto, eles não investem seu tempo e sua energia em tramóias e trapaças – eles não vai pegar uma das fatias, mesmo sem vontade, só para que o outro fique sem.

Faça o que ama e seja competitivo para alcançar seus objetivos, mas jamais abuse ou pise em outra pessoa para chegar lá. As pessoas que amam o que fazem sabem disso intuitivamente, mas não custa nada avisar.

Adaptado de texto de David DiSalvo, originalmente publicado na Forbes.

Gostou? Assine o Jornal do Empreendedor e receba novidades direto no seu email:

Todos os dias, você recebe no seu email um apanhado geral das notícias do Jornal do Empreendedor. Fique sempre atualizado com o que há de mais recente no mundo do Empreendedorismo no Mundo. Assine grátis agora.

Internet Trends 2019Powered by Rock Convert
Comente este artigo

Populares

Topo