X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

10 perguntas que você deve fazer a si mesmo sobre a sua ideia de negócio

Ideia de negócio

Quando temos uma maravilhosa ideia de negócio, precisamos testá-la para saber se estamos trabalhando na ideia certa.


Quando temos uma maravilhosa ideia de negócio, precisamos testá-la para saber se estamos trabalhando na ideia certa

Você está empolgado sobre uma ideia de negócio, mas não tem certeza se ela é viável. O que você precisa fazer é testar o conceito de ver como ele se sai a uma série de perguntas rigorosas.

Você precisa estar sempre testando. A ideia que você começa raramente é a mesma com que você termina, ou que implementa, diz Andre Marquis, diretor executivo do The Lester of Entrepreunership at Haas School of Business da universidade da Califórnia, em Berkeley.

Por onde começar? Aqui estão 10 perguntas que ajudam você a avaliar a sua ideia de negócio.

#1. Qual é o meu perfil de cliente?

Talvez o seu produto ou serviço pareça ser a solução certa para você, mas você pode identificar uma base de clientes além de você mesmo?

Pergunte quem são os seus maiores clientes e como o seu produto pode ajudar a resolver os problemas deles, aconselha Alexander Osterwalder, co-autor de Business Model Generation e fundador do Business Model Foundry, que fornece ferramentas digitais para ajudar a desenvolver as ideias de negócios.

Quando David Dodge teve a ideia de começar um negócio de tutoria, ele usou pesquisas da internet para desenvolver uma análise psicográfica do seu cliente principal.

Ele tentou cavar fundo e encontrar mais informações, entender e segmentar o seu mercado. Em 2005 ele fundou a Sure Prep Learning in Scottsdale, no Arizona, concentrando seu foco nos países competitivos. Hoje a empresa possui mais de 800 tutores.

Você conhece o seu cliente a fundo para saber como ele vai reagir ao seu produto?

Você conhece o seu cliente a fundo para saber como ele vai reagir ao seu produto?

#2. O que eu estou substituindo?

Seja qual for a sua ideia, alguém compra hoje alguma coisa no seu lugar, segundo afirma Jim Pulcrano, diretor executivo da IMD a escola de negócios mais conceituada da Suíça.

Pergunte a si mesmo o que torna o seu produto atraente o suficiente para substituir o que já está no mercado. Isto não tem necessariamente de ser limitado por produtos que são semelhantes à sua ideia.

Você pode observar os hábitos de seus clientes ideais. É importante pensar como você poderia leva-los a comprar o seu produto, em vez de apenas comprar o que compra atualmente.

#3. Como mostrar a sua ideia para os outros?

A sua ideia precisa ser o mais tangível possível. É o que afirma Steven Stralser, professor clínico de empreendedorismo da Thunderbird School of Global Management, no Arizona.

Isso poderia significar esboçar o seu trabalho em desenvolvimento ou, até mesmo, criar um protótipo.

Ao descobrir como você pode passar a sua ideia para os outros, você vai começar a perceber que a capacidade de mostrar a sua ideia para outras pessoas, vai transformar você e uma pessoa mais crítica.

#4. De quem eu vou precisar na minha equipe?

Nos estágios iniciais, o empreendedor precisa saber para quem pode ligar para lhe fazer uma assessoria honesta sobre as suas ideias.

Em breve, você vai precisar pensar sobre quem será o capital intelectual que estará ao seu lado no desenvolvimento dos produtos, marketing, TI, ou qualquer outra função.

Encontre uma maneira de aproximar essas pessoas para avaliar seu interesse em se envolver.

#5. Quais os recursos serão necessários?

Como você pode fazer a ideia acontecer? Isso requer perguntar quais recursos que você vai precisar, desde os pequenos detalhes.

Faça uma lista de todos os ativos-chave e descubra se você pode tê-los antes de investir muito dinheiro em testes e desenvolvimento de produtos.

#6. Qual é o ciclo de compras?

Você sabe que o ciclo de compras de seu produto ou serviço para que possa saber as suas necessidades de caixa iniciais?

Com um ciclo mais longo de compra você vai precisar de mais dinheiro antes de começar a fazer as receitas acontecerem.

#7. Qual é a previsão de vendas razoável?

Você quer analisar o funcionamento real do seu negócio, tanto quanto possível para chegar a uma previsão de venda sólida.

Por exemplo, se você deseja abrir um restaurante, não baseie a sua previsão de receita sobre as vendas anuais de um restaurante em sua cidade.

Para uma estimativa mais específica considere o tamanho e a capacidade de assentos de seu restaurante, a espera média do cliente e as horas de funcionamento.

#8. Qual o potencial de crescimento da sua oferta?

Pense em quão grande você quer o seu negócio e descubra se a sua ideia pode atender às suas expectativas.

Por exemplo, se você está construindo um software, você vai perceber que não pode crescer tão rápido se não estiver fazendo algo que não seja de massa.

Você está vendendo o seu tempo que é finito, ou você está vendendo um produto que pode fazer um milhão de cópias? Muitas vezes isso ainda não está óbvio para os empreendedores.

#9. Você possui as habilidades necessárias?

Ter uma ideia e fazê-la acontecer são coisas muito diferentes. Seja honesto para avaliar se você está qualificado para transformar uma ideia em um negócio.

Se uma ideia requer habilidades altamente técnicas ou experiência de negócios que lhe falta, você será capaz de encontrar alguém que preencha essas lacunas?

Você está plenamente capacitado para trabalhar na sua ideia?

Você está plenamente capacitado para trabalhar na sua ideia?

#10. Você é capaz de mergulhar na sua ideia pelos próximos 2 anos?

Ter uma ideia pode ser algo emocionante, mas você está disposto a dedicar a sua vida a ela, pelo menos nos próximos 2 anos?

Você tem apoio da família, amigos e mentores, e você está disposto a fazer os sacrifícios necessários? Você precisa olhar para o custo de oportunidade e entender que, realizar qualquer ideia de negócio vai levar de você uma enorme quantidade de tempo e energia.

___

Este artigo foi adaptado do original, “10 Questions to Ask Yourself When Testing a Business Idea”, da revista Entrepreneur.

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo