X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

5 lições de empreendedorismo com os Beatles

Você já parou para pensar em quantas lições podemos aprender com os Beatles?

Já parou para pensar em quantas lições os Beatles já nos ensinaram? Aqui estão as 5 lições de empreendedorismo que podemos aprender com os Garotos de Liverpool, no Jornal do Empreendedor.


Já parou para pensar em como os Beatles sempre têm algo a nos ensinar?

Você já parou para pensar em quantas lições podemos aprender com os Beatles?

Você já parou para pensar em quantas lições podemos aprender com os Beatles?

Hoje é o Dia da Paz. E é possível dizer que nenhuma banda pregou mais a paz em toda a história da música internacional do que os Beatles. As letras de John e Paul (e até as de George e Ringo) têm muito a nos ensinar. Mas você sabia que também dá para aprender empreendedorismo com os Garotos de Liverpool? Pois sim. Confira:

1. Não seja sentimental ao formar um time: a amizade nem sempre funciona

With a little help from my friends, certo? Bom, nem sempre. Todos conhecemos os Beatles: John, Paul, George e Ringo. Mas, no começo, havia Peter Shotton na guitarra. John Lennon o demitiu para colocar Paul em seu lugar. A amizade entre John e Peter não acabou por conta disso, já que ele sabia que Paul era melhor músico. O mesmo aconteceu com Pete Bast, que foi baterista dos Beatles até 1962, quando foi substituído por Ringo Starr. Estas foram decisões muito difíceis (quem tem ou já teve banda deve saber como é isso), mas nem sempre a amizade é um padrão de qualidade para a formação de um time.

Beatles2. Eles disseram milhões de vezes: “trabalhe duro”. Até os gênios precisam trabalhar

Os Beatles tinham uma agenda sempre lotada. Eles realmente acreditavam no que chamavam de “working their asses hard” (algo equivalente a “botar a bunda para trabalhar”, ou “tirar bunda do sofá e ir trabalhar”). Falando em números, a carreira dos Beatles se estendeu por 7 anos, nos quais gravaram cerca de 2 álbuns por ano, o que é impressionante, dada a quantidade de shows que faziam. Eles produziram mais de 300 músicas, 213 das quais foram gravadas. E 21 delas atingiram o primeiro lugar em todas as paradas de sucesso. Esta não é uma tarefa fácil. Mesmo que você ame o que faz, é preciso trabalhar duro para fazer valer. É claro, também não adianta gastar várias horas de suor por algo que não surte efeito.

3. Tenha senso de humor. Ninguém te leva tão a sério quanto você pensa

Famosos como eram, os Beatles deram muitas entrevistas, e costumavam ser muito divertidos. Trabalhar duro sem senso de humor pode ser uma tragédia. Um exemplo da descontração pode ser visto no vídeo abaixo. Paul tenta falar ao microfone por três vezes, mas as mulheres da platéia gritam enlouquecidas, até que John as manda calar a boca. O que poderia parecer um ato de grosseria e “estrelismo” se transforma em um momento engraçado. Ou, com as cenas do filme “Help”, que falam por si só.

4. Competição é legal, desde que não se torne obsessão

Rivalidades internas e externas fazem bem para você. A disputa Lennon-McCartney provavelmente foi o que tornou os dois tão bons no que faziam. Se tudo fosse sempre às mil maravilhas entre ambos, eles não teriam melhorado, evoluído. A competição externa também ajuda, desde que você tenha um olho afiado e a noção de que o que você faz de melhor é que faz a diferença.

5. Não desista. Jamais.

Os Beatles não fizeram sucesso da noite para o dia, como muitos pensam. Eles trabalharam muito e tiveram muitas dificuldades logo no começo. A mãe de John Lennon morreu em um atropelamento quando ele ainda era um garoto e tinha acabado de começar a se apresentar ao lado de Paul com a banda “Quarrymen“. Eles não tinham nem instrumentos para tocar. A mãe de John era a maior incentivadora da banda e ensinou Lennon a ouvir Rock`n Roll e a tocar banjo e violão. A banda também passou por diversas mudanças de nome: Quarrymen, Johnny and The Moondogs, Beatals, The Silvers Beats, Silver Beatles e, por fim, The Beatles. Molde seu trabalho. Se esforce e mantenha o foco. Não desista, mesmo que as dificuldades sejam tremendas.

Acima de tudo, os Beatles são impossíveis de serem imitados. Eles criaram uma marca imortal, que será lembrada eternamente. Quer maior lição de empreendedorismo do que esta?

Adaptado do texto de Jubin Mehta, no Your Story.

Gostou? Assine o Jornal do Empreendedor e receba novidades direto no seu email:

Todos os dias, você recebe no seu email um apanhado geral das notícias do Jornal do Empreendedor. Fique sempre atualizado com o que há de mais recente no mundo do Empreendedorismo no Mundo. Assine grátis agora.

Comente este artigo

Populares

Topo