X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Comerciante do Distrito Federal inova e aumenta vendas


Brasília – Mais do que criar uma nova solução, inovar é incorporar a uma prática já existente elementos que resultem na redução de desperdício e na otimização dos recursos. A afirmação é de Flávia Martins de Barros Firme, gerente de Acesso à Inovação e Tecnologia do Sebrae no Distrito Federal. “Hoje, as empresas precisam estar dispostas a investir em inovação para garantir competitividade e sustentabilidade no mercado”, completa. A história do empreendedor Martinho José Pimenta, 31 anos, ilustra bem a importância dessa ferramenta.

Mineiro de Tiros, cidade a 32 km de Belo Horizonte, Martinho aprendeu a empreender ainda menino. Com 12 anos, ajudava o pai na padaria da família, em Ceilândia, região administrativa do DF. “Naquela época, as pessoas abriam as lojas sem conhecimento algum. Demos sorte que a nossa empresa vingou”, avalia. Hoje, para manter o seu comércio, um supermercado, a receita de Martinho é outra. Mais do que planejamento e estratégia, o comerciante acrescentou inovação ao seu negócio. Com isso, conseguiu alavancar as vendas e reduzir prejuízos.

Em 1992, depois da morte da mulher, o pai de Martinho deixou a roça com os sete filhos, rumo a Brasília. Na cidade grande decidiu virar empresário. A prole, a exemplo do pai, também apostou no comércio. Há 11 anos, Martinho comprou um supermercado em Ceilândia. “Quando meu pai abriu a padaria, não sabíamos nada de planejamento. Hoje é diferente, sempre estou buscando soluções inovadoras para adaptar ao meu negócio”, compara.

Martinho recebe em seu estabelecimento visitas constantes dos Agentes Locais de Inovação (ALI) do Sebrae no Distrito Federal. “Eles estão sempre apontando melhorias para o meu negócio. Já consegui reduzir a conta de telefone e diminuir gastos com luz”, afirma. Com a economia, o empresário passou a investir na compra de equipamento e maquinário. “Inovei na maneira de expor os produtos nas gôndolas e prateleiras”, acrescenta. O empresário também inovou ao adotar sacolas de formatos diferentes, de acordo com o tamanho das mercadorias comercializadas. “Assim mostramos que também estamos ligados à sustentabilidade”, afirma.

As inovações agradaram a clientela. “O supermercado ficou mais bonito, mais espaçoso. Os consumidores gostaram e, com isso, as vendas aumentaram”, comemora. Junto com a mulher, Martinho solicita consultorias e participa de cursos e oficinas do Sebrae. “Hoje as coisas são bem diferentes. Sem investimento em capacitação e inovação é difícil manter-se no mercado”, explica.

Serviço:
Central de Atendimento: 0800 570 0800
www.df.agenciasebrae.com.br
Twitter: @sebraenodf

Informações para a imprensa
Mariana Sacramento – [email protected] / 9118-5869
Isabel Vilela – [email protected] / 9115-5802
Kelly Valente – [email protected] / 9333-5930
Regina Trindade – [email protected]

Via RSS de RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Leia em RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo