X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

o-POSITIVE-THINKING-facebook
Destaques

Como treinar o cérebro para seguir de forma positiva ao invés de negativa

O cérebro não é designado a criar felicidade, por mais que as pessoas desejassem que sim.

O cérebro não é designado a criar felicidade, por mais que as pessoas desejassem que sim. O cérebro evoluiu para promover a sobrevivência. E salva as substâncias químicas da felicidade (dopamina, serotonina e oxitocina) para oportunidades a satisfazer a necessidade de sobrevivência, e apenas as libera em surtos curtos que são rapidamente metabolizados.

Isso motiva as pessoas a continuar tomando medidas que estimulam as suas substâncias químicas da felicidade. É possível terminar com muitas substâncias químicas de infelicidade na própria busca por estimular as da felicidade, especialmente próximo do final de um dia de trabalho estressante.

Há um número de razões explicando o cérebro se apresentar negativo. O sentimento ruim do cortisol tem seu próprio propósito de sobrevivência. E alerta a pessoa para um obstáculo no caminho para atender as necessidades dela, assim pode percorrer seu caminho aos bons sentimentos.

Mas uma vez que fizer isso, o próprio cérebro encontra o próximo obstáculo. Será percebida a sensação ruim se seguir o cérebro de sobrevivência onde quer que ele leve. Felizmente, há uma maneira simples de religar esta negatividade natural.

A idéia é começar com um exemplo chamado de Paradoxo das Fezes do Cachorro. A sujeira do cachorro ficava por todo lugar há tempos atrás, porque recolher não era a norma. Então os costumes mudaram e as ruas ficaram mais limpas incrivelmente. Isso fez alguém feliz? Não.  As pessoas mal notaram. O cérebro das pessoas evoluiu para procurar problemas e é hábil em encontrar problemas quando procura. Por exemplo, os repórteres previram a queda da sociedade civilizada quando a bicicleta foi inventada.

E avisaram que as pessoas voariam daqui para ali ao invés de ter longas conversas, e que as pessoas se afastariam cedo a partir da exaustão, ao invés de conversar pela noite. Os indivíduos herdaram o cérebro que ajudou os próprios ancestrais a perceber ameaças em tempo a agir. E são habilidosas em encontrar ameaças, mesmo quando são buscadas as recompensas.

Construir um circuito de positividade para si

A negatividade vai engolir o indivíduo, a menos que este desenvolva um circuito de positividade para si. Para fazer isso, passar um minuto procurando por positividades, 3 vezes por dia por 45 dias. Isso treina o próprio cérebro a buscar por pontos positivos, da forma que já é treinado a procurar por pontos negativos.

É possível pensar que não haja pontos positivos suficientes no mundo desagradável ao redor de si. Mas não é necessário fazer grandes ações para criar positividade. Quaisquer pontos positivos, e não importa o quanto pequenos, construirão o caminho que busca e espera fatores positivos.

Simplesmente apreciar a ausência das fezes do cachorro no caminho na frente de si e as conexões neurais vão se desenvolver. Isso pode parecer falso a buscar pontos positivos quando os negativos são tão aparentes. A própria lente atual é falsa e precisa de correção. É difícil seguir positivo quando todos ao redor de si são negativos.

O próprio cérebro mamífero deseja correr quando o resto do rebanho corre. No estado de natureza, acabaria nas mandíbulas de um predador se ignorou os sinais de ameaça dos companheiros de grupo e esperou ver a ameaça por si.

Os mamíferos se unem em torno de ameaças compartilhadas, e a luta contra o inimigo comum aumenta o status do mamífero dentro de seu grupo. Se a pessoa ignora as ameaças percebidas que animam os seus companheiros de grupo, provavelmente pagará o preço em recompensas sociais. A positividade tem um custo, mas o benefício é maior.

Podar a própria negatividade

Quando é construído o próprio circuito de positividade, será podada a negatividade com Agência Pessoal e Expectativas Realistas. A Agência Pessoal é o prazer de escolher o próximo passo de si. É possível nunca prever os resultados dos próprios esforços, mas sempre pode escolher o próximo passo para atender as necessidades que se tem.

Quando o cortisol avança

As Expectativas Realistas são as alternativas que a pessoa gera quando seu cortisol avança. Embora seja natural ter uma sensação de ameaça e sobrevivência quando os esforços falham a trazer recompensas visíveis imediatas, é possível se lembrar que a própria sobrevivência não está realmente ameaçada.

A maioria das realizações humanas veio a partir dos esforços que não trouxeram recompensas visíveis imediatas. Quando os resultados são decepcionantes, se pode ajustar as expectativas que tem e dar outro passo. Ao podar, a pessoa colherá, porque as Expectativas Realistas levam ao Agir Pessoalmente. E estimulará as próprias substâncias químicas da felicidade, ao invés de simplesmente esperar que o mundo as estimule para si.

___

Este artigo foi adaptado do original, “How To Train Your Brain To Go Positive Instead Of Negative“, da Forbes.

Comente este artigo

Populares

CONTEÚDO EXCLUSIVO. TÁTICAS UTÉIS. EMPREENDEDORISMO COMO NENHUM OUTRO.

Para fechar esta janela, clique na área escura.

CLOSE
Topo