X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Compradores nacionais conferem produção premiada


Rio de Janeiro – Os porta-guardanapos, chaveiros e enfeites de parede feitos com folhas do cerrado esqueletizadas foram alguns dos objetos que encantaram César Luiz Telo, que tem uma loja de decoração e outra de artesanato em São Miguel do Oeste (SC). O empresário foi especialmente ao Rio de Janeiro para participar pela segunda vez da Rodada de Negócios do TOP 100 de Artesanato, que acontece até esta quinta-feira (06).

“Tenho interesse por peças únicas, com características brasileiras. Prefiro comprar uma unidade, para que meu cliente sinta que tem algo especial. Não quero abrir mão da qualidade e isso eu encontro aqui”, explica ele.

Para Samantha dos Santos Mendes, da Flor do Cerrado, a conquista do cliente de Santa Catarina representa mais um passo na consolidação do negócio. O empreendimento, premiado em todas as três edições do TOP 100, começou como um grupo de produção em 2002 e se transformou em microempresa há 6 anos.

Ela levou para a rodada lembranças de casamento, enfeites de mesa, buquês para noivas e enfeites de cabelo. “Identificar essa oportunidade de negócio é resultado do que aprendemos no Sebrae, nosso parceiro desde o princípio”, reconhece Samantha.

Estreante no evento, a acreana Raimunda Nonata Pinheiro, da Associação das Produtoras de Artesanato das Mulheres Indígenas Kaxinawá de Tarauacá e Jordão, também negociou seus produtos na Rodada de Negócios do TOP 100. “Ganhar esse prêmio representou uma grande conquista de um movimento que começou há doze anos e hoje reúne 500 artesãs. Já recebi pedidos de três empresários, o que representa trabalho garantido por três meses”.

Uma das encomendas a Raimunda foi feita pela empresária paulista Suely Galdino, da Feira Moderna, que se encantou pelas mantas e cestaria das indígenas. “Adorei esse evento porque é difícil e caro mapear tudo o que é produzido no país. Outra vantagem desse modelo é que, sem perder a identidade, os artesãos passaram por um processo de capacitação e sabem como lidar com aspectos do negócio como transporte, forma de pagamento”.

 

Serviço
Sebrae no Rio de Janeiro: (21) 2212-7971 (21) 2212-7971
Agência Sebrae de Notícias: (61) 3243-7852/ 2107- 9104/ 3243-7851/ 9977-9529
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebrae
www.facebook.com/sebrae

Via RSS de RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Leia em RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo