X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Oficina resgata o bordado e estimula a criatividade


Brasília – Expressão artística milenar, durante séculos o bordado esteve associado à mulher e ao ambiente doméstico. No passado, saber bordar integrava o currículo das moças prendadas e garantia pontos para quem buscava a realização de um bom casamento. A literatura universal está repleta de personagens femininas que bordavam o próprio enxoval à espera do “grande dia”, ou que ajudavam a compor a renda familiar com essa atividade.

Nas últimas décadas, em parte devido à aceleração do ritmo da vida moderna, registrou-se um fenômeno inverso, levando as pessoas a buscar as próprias raízes. O movimento trouxe um novo significado para as práticas manuais, com a criação de um espaço onde a pressa cede lugar ao tempo das memórias, propício à manifestação da criatividade.

Estimular a criatividade dos participantes é o objetivo da Oficina de Bordado da II Feira e Simpósio Internacional de Artesanato Design. O evento, que tem o apoio do Sebrae e da CAIXA, será realizado em Londrina (PR), a partir desta quinta-feira (6) a domingo (9). A Oficina de Bordado foi desenvolvida para dois púbicos distintos: iniciante e nível avançado.

Os pontos selecionados, no caso dos iniciantes, são tradicionais e de uso bastante difundido. “O diferencial está na maneira de utilizá-los para criar efeitos de tridimensionalidade nas peças”, informa a responsável pelas oficinas, a psicóloga clínica e psicanalista Jacirema Cléia Ferreira. Para os alunos de nível avançado serão apresentados pontos mais complexos e a possibilidade de se entrelaçar fios de diferentes texturas.

Por meio das linhas, panos, tesouras e agulhas, quem participar das oficinas terá a oportunidade de rever valores e objetivos pessoais, bem como resgatar os elementos essenciais da própria história. No nível econômico, o aprendizado dessa arte manual poderá contribuir, em futuro próximo, para o incremento da renda familiar.

Jacirema Ferreira, mestre e pesquisadora em Psicologia Clínica da Universidade de São Paulo (USP), usa uma variedade de expressões artísticas como mediação com pacientes na prática clínica e em encontros psicoterapêuticos coletivos. Ensina bordado em seu ateliê e realiza oficinas sobre a técnica em várias cidades do Brasil. Por meio do blog Retalhos Etc. e Tal, Jaci Ferreira, como é conhecida, abriu um espaço de discussão e difusão de conhecimentos sobre o tema.

O evento 

A II Feira e Simpósio Internacional do Artesanato Design é uma promoção da Associação Brasileira de Artesanato e Estilo (Artest), com sede em Londrina. É uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) que tem o objetivo de incentivar o empreendedorismo social e individual, voltado ao artesanato sustentável. Nessa segunda edição, o evento terá como pano de fundo a economia criativa, um conjunto de atividades mercadológicas provenientes da capacidade criativa dos indivíduos, que possibilita a geração de soluções e produtos de alto valor econômico em áreas como artesanato, design, moda, gastronomia e cultura.

Informações sobre as oficinas no link www.artest.com.br/simposio.

Mais informações:
Assessoria de Imprensa Sebrae
(61) 2107-9300
(61) 2104-2770/2769/2766
(61) 3243-7851    

Via RSS de RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Leia em RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Comente este artigo

Populares

Topo