X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Os segredos sujos do marketing de conteúdo

segredos

Conheça os segredos mais sujos do mundo do Marketing no Jornal do Empreendedor.


Seus clientes vivem em um ambiente barulhento. Eles estão sendo bombardeados constantemente com mensagens. Você está tentando romper essa barreira, e é difícil.

No melhor dos mundos, um fornecedor B2B típico espera conseguir no máximo 12% do total da atenção do consumidor durante o processo de compra.

Os segredos do marketing de conteúdo pela Forbes

Os segredos foram revelados.

Essa estatística vem de uma pesquisa de compra B2B e marketing de conteúdo que foi divulgada recentemente pelo CEB.  Sabemos que no B2B  60% da decisão de compra é realizada antes do contato com um vendedor. Isso porque os clientes podem aprender sozinhos na vastidão de informações que existe a um clique agora pela internet.

E aí entra o marketing de conteúdo.

A promessa do marketing de conteúdo é que se tenha um conteúdo que seja suficientemente inteligente e útil para que o cliente possa, com ele, me dar mais atenção, confiança e até mesmo, aproximar-se. Essa promessa pode trazer liderança e consideração. Em outras palavras, o marketing de conteúdo pode gerar demanda.

Para gerar demanda é preciso que o conteúdo tenha um alvo e que seja verdadeiramente relevante.

É aqui que a automação do marketing se torna um risco! Ou não? Encontramos uma dinâmica interessante sobre automação do maketing que podemos chamar de amor-ódio.

A visão negativa da automação do marketing não se dá porque a tecnologia em si é falha. A tecnologia geralmente funciona bem – pessoas que trabalham com marketing adoram que isso lhes dá uma chance focar em seu conteúdo e gerenciar melhor e acompanhar o caminho da liderança.

É a implicação da automação do marketing que é o grande desafio para quem trabalha com marketing. Quando nós questionamos esses profissionais sobre seu maior desafio com a automação do marketing, sempre tem a ver com produzir conteúdo suficiente. Se jogamos com a matemática, podemos ver o motivo.

Aqui está o que o marketing de conteúdo e o guru da automação do marketing falam a você. É alguma coisa como isso:

  • Você possui 4 personas digitais – como um exemplo de seu público-alvo.
  • Você também precisa identificar as necessidades delas. Talvez suas 3 maiores necessidades.
  • Então, você precisa ter conteúdo para todos os canais que interessam. Não importa onde está o consumidor, você tem que estar lá. Vamos falar, de maneira conservadora, de 5 canais.
  • Então, você tem que estar no ar sempre com conteúdo novo. Minimamente, uma vez por mês. Isso significa 12 vezes no ano. Novamente, isso se formos conservadores.

Isso são 4 x 3 x 5 x 12 = 720 artigos ou outras formas de conteúdo (original ou versão)

Isso é muito conteúdo.

Então, o que os profissionais do marketing fazem? Criam um processo para isso. Criam painéis de controle e métricas para suportar a necessidade de conteúdo. Criam calendários. Imploram, pedem emprestado e roubam recursos para ter capacidade de produzir esta quantidade de conteúdo.

Então um dia você olha para todo o conteúdo que a sua máquina de marketing criou e percebe que você criou uma quantidade incrível de conteúdo medíocre. Você se tornou uma parte do barulho para os seus clientes.

Você, inconscientemente, sacrificou o conteúdo de qualidade por quantidade e cobertura… Através de todas essas personas, através de todos os canais, através de todas as semanas e os meses.

Esse é o segredo sujo do marketing de conteúdo.

 

Originalmente publicado na YOW.

Gostou? Assine o Jornal do Empreendedor e receba novidades direto no seu email:

Todos os dias, você recebe no seu email um apanhado geral das notícias do Jornal do Empreendedor. Fique sempre atualizado com o que há de mais recente no mundo do Empreendedorismo no Mundo. Assine grátis agora.

Comente este artigo

Populares

Topo