X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Prêmio Mulher de Negócios anuncia vencedoras na Bahia


 Salvador – Eram quase 21h quando o superintendente do Sebrae na Bahia, Edival Passos, anunciou a vencedora da categoria Negócios Coletivos do Prêmio Mulher de Negócios. Verônica Lemos, presidente da Cultuarte (Cooperativa de Cultura e Arte), sediada no Pelourinho, na capital baiana, subiu ao palco e, emocionada, dedicou a vitória às artesãs que compõem o grupo. O prêmio foi entregue na noite de segunda-feira (5), no hotel Golden Tulip, em Salvador.

Verônica teve muitos motivos para comemorar a conquista. Em 2007, um incêndio criminoso quase pôs fim ao sonho das cooperadas, que desenvolvem peças de artesanato com foco na cultura afrodescendente. Os produtos e a loja, recém-inaugurada, estavam completamente destruídos. Mesmo com as adversidades, as artesãs não desistiram e, em seis meses, conseguiram reerguer o espaço. “O prêmio é o reconhecimento da nossa luta. Foram muitos altos e baixos, mas, no final, tivemos a recompensa”, afirmou.

Na categoria Pequenos Negócios, quem levou o troféu foi a empresária Renata Chequer, proprietária do restaurante La Forneria, de Vitória da Conquista. Ela recebeu o prêmio das mãos do diretor-técnico do Sebrae na Bahia, Lauro Ramos. Renata destacou que a iniciativa é uma maneira de fomentar o empreendedorismo feminino no estado. “Queremos mostrar que é possível vencer, apesar das dificuldades”, ressaltou.

 Renata e Verônica vão representar a Bahia na etapa nacional do prêmio, cujas vencedoras serão anunciadas em 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Na etapa nacional, dez mulheres serão premiadas com troféu de bronze, oito com troféu de prata e duas, uma em cada categoria, serão reconhecidas como as vencedoras do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios. A dupla ganhará uma viagem ao exterior para conhecer centros de referência em empreendedorismo.

Nesta edição, consultores do Sebrae realizaram um diagnóstico das empresas inscritas. A novidade, de acordo com Mariza Xavier, gestora do prêmio na Bahia, possibilitou que as empresárias conhecessem os pontos fortes e fracos da gestão. “A partir dessa consultoria, a empreendedora pode buscar a orientação do Sebrae para aprimorar o negócio”, explica.

Maria da Paixão não chegou a ficar entre as finalistas, mas considerou importante participar no prêmio. “A consultoria nos ajudou a observar o que tínhamos que aperfeiçoar na empresa e o que precisamos implantar para crescer”, afirmou Maria, proprietária, há 30 anos, de um salão de beleza em Feira de Santana.

Meta

Edival Passos ressaltou o bom desempenho das empreendedoras baianas no prêmio. Segundo ele, o estado estipulou uma meta de 134 inscrições para 2011. Mas, no final, 372 mulheres se candidataram, superando em 177,61% a previsão inicial. “Isso mostra a importância do prêmio na vida das empreendedoras baianas, ao mesmo tempo em que coloca em evidência o crescimento das mulheres no mercado que antes era dominado por homens”, declarou Edival.

Ele apresentou números que comprovam a participação efetiva da mulher no mundo dos negócios. “Hoje, quase 50% dos negócios abertos no Brasil por pessoas entre 18 e 64 anos são comandados por mulheres”, revelou. Para Edival, isso mostra que as mulheres estão conquistando o seu espaço, cada vez mais, no mundo dos negócios.

O Prêmio Mulher de Negócios é uma iniciativa do Sebrae, em parceria com a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres e Federação das Associações das Mulheres de Negócios e Profissionais do Brasil (BPW), com apoio técnico da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).

Serviço:
Agência Sebrae de Notícias Bahia: (71) 3444-6808 / 3320-4558 / 9122-1612 / 9174-9142
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.ba.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebraebahia
www.facebook.com/sebraebahia

Via RSS de RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Leia em RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo