X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Produtores de mel em Marília estabelecem meta


 São Paulo – Com o objetivo de desenvolver a apicultura regional de forma sustentável e competitiva, o Projeto de Apicultura de Marília e região prevê o aumento do faturamento dos produtores em 15% até abril de 2014. Além disso, a proposta é  elevar também a quantidade de mel nas colmeias povoadas em 30% até março do mesmo ano.

“Vamos proporcionar aos apicultores contato com novas tecnologias, gestão dos apiários com controles financeiros e custo de produção, produtos e possibilidade de mercados alternativos”, esclarece Adriana Cirillo Montoro Ramalho, consultora do escritório do Sebrae em São Paulo em Marília, um dos realizadores do projeto, lançado neste mês. Também são parceiros do Projeto a Associação dos Apicultores de Marília e região (Amar), Banco do Brasil, Universidade de Marília (Unimar) e as prefeituras municipais de Marília, Tupã e Echaporã.

Para o presidente da Amar, Antonio Fernando Scalco, as parcerias possibilitarão a conquista da excelência na produção e qualidade dos produtos apícolas na região. “Vamos buscar as metas para viabilizar o funcionamento do entreposto do mel inspecionado, promover a capacitação técnica e gerencial dos associados, sensibilizá-los e motivá-los para ações coletivas, dar acesso a linhas de crédito e proporcionar melhorias dos equipamentos e materiais agrícolas.”

Segundo Adriana, a melhor maneira de alcançar todos os objetivos é por meio do desenvolvimento e estruturação dos apiários. “Vamos apoiar com informações e consultorias em novas tecnologias e melhorias no processo produtivo, além de monitoramento dos resultados através dos controles operacionais para a evolução da qualidade do mel, além da elaboração do manual de boas práticas de produção”.

Serviço:
Sede do Sebrae em São Paulo em Marília
Informações: (14) 3422-5111
Curta a Página do Sebrae-SP no Facebook
Siga o Sebrae-SP no Twitter
Central Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800 (ligação gratuita)

 

Via RSS de RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Leia em RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Comente este artigo

Populares

Topo