X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Relato sobre empreendedor determinado conquista júri


 Brasília – Uma trajetória cumprida graças à determinação de um homem que ousou desafiar o bom senso. Essa é a história de José Francisco Silva, de 72 anos, que transformou o Mirante do Talhado, local esquecido no sertão de Alagoas, em ponto turístico. Pela descrição da vida desse empresário, o repórter Maurício Gonçalves e o fotógrafo Ailton Cruz receberam o Prêmio Especial do Júri com a matéria O Homem do Cânion, na quarta edição do Prêmio Sebrae de Jornalismo. Os vencedores foram anunciados na noite desta terça-feira (03), na sede do Sebrae Nacional, na capital federal.

A série de quatro reportagens, publicada na Gazeta de Alagoas em dezembro do ano passado, descreve todas as etapas da luta de Seu Zé Francisco. Ele viu potencial turístico onde ninguém enxergava: a vista do cânion à beira do rio São Francisco. Em tom de fábula, é possível acompanhar com encantamento o começo duro e o passo a passo da concretização do negócio.

O envolvimento do repórter fica evidente na apuração de detalhes e na importância que dá a cada conquista de Seu Zé Francisco, que mesmo sendo dono de uma próspera empresa de piscicultura no município de Traipu, começou o empreendimento há dez anos. As fotos destacam a determinação do empreendedor.

Ainda que contra a vontade da família, o alagoano montou uma tenda e passou a vender água para os poucos visitantes que apareciam. Visionário, inventou moda. Registrou-se como Empreendedor Individual (EI) e abriu novas frentes. Construiu um espaço para oferecer refeições, ergueu dois chalés – os primeiros de uma série de sete – e passou a ser referência, além dos turistas, também para cientistas, empresários e estudiosos.

O final feliz quase foi comprometido por inúmeras dificuldades. Entre as mais sérias, um roubo de todos os equipamentos, do fogão industrial a um faqueiro, e um incêndio na cancela de entrada do empreendimento. Sem pieguice, o jornalista Maurício Gonçalves mostrou na reportagem como Seu Zé Francisco deu a volta por cima ao investir na aproximação com a comunidade. Conceitos como empreendedorismo, associativismo, geração de emprego e renda começaram a ser aplicados de forma prática. Ele aumentou a produção de alimento, produziu esquetes sobre episódios da cultura do sertão e passou a comercializar o artesanato de fuxicos.

A sustentabilidade é o eixo do negócio do Seu Zé Francisco, resultado da sabedoria acumulada e cuidado com o meio ambiente. A comunidade em que vive hoje está comprometida com o manejo correto do solo – sem o uso de agrotóxicos -, entende a importância da estação de tratamento de esgoto por decantação e dá apoio ao projeto de implantação de um sistema de coleta seletiva de lixo.

 

Serviço:
Agência Sebrae de Notícias: (61) 3243-7852/ 2107- 9104/ 3243-7851
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebrae
www.facebook.com/sebrae

Via RSS de RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Leia em RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo