X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Tecnologia e Inovação

O estilo growth hacking e a importância de se pensar como uma startup

Growth hacking

Adotar o estilo growth hacking pode trazer benefícios aos negócios. Entenda como levar o growth hacking para a cultura da sua organização.


Adotar o estilo growth hacking pode trazer benefícios aos negócios. Entenda como levar o growth hacking para a cultura da sua organização

Fazer mais com menos. Isso lhe soa familiar? Esta é uma declaração que podemos escutar em todas as reuniões de estratégia e planejamento.

Sim, há momentos em que, quando você puder, deve fazer mais com menos. Mas, fazer mais com menos não é um mantra em si. É uma forma de administração que tenta aumentar a produtividade e otimizar os processos para se ter mais eficiência.

Esta é a maneira pela qual as empresas competem hoje em dia, sem necessariamente pensar como isso vai posicioná-los no futuro.

A inovação e o risco, muitas vezes carregam um custo muito alto para que algumas empresas possam suportar. Isso é mais do que apenas dinheiro ou finanças.

Explorar novas situações também apresenta um custo de oportunidade significativa que pode de fato significar fazer mais com mais, ao invés de fazer mais com menos.

O modelo hacker

O “hacker way” é a ideologia que Mark Zuckerberg há muito emprega no Facebook. É também o nome da estrada que leva ao vasto campus da sede do Facebook em Menlo Park, na California.

Para se ter sucesso nos negócios hoje, você de fato precisa ser um hacker, já que…

Tudo começa com uma mudança de perspectiva e cultura. Às vezes é preciso aprender com uma pequena empresa enxuta, para poder colocar a sua empresa de volta nos trilhos.

As startups são os queridinhos novos da indústria. Twitter, Forsquare, Instagram, Pinterest, Uber, AirBnB são empresas que estão perturbando antigos modelos de negócios, enquanto criam mercados inteiramente novos.

No mundo das startups, ao contrário das grandes organizações, os funcionários não apenas usam múltiplos chapéus, como estão habilitados para se destacarem em cada frente para ajudar a ganhar impulso e, finalmente crescer.

Esse é o clássico intraempreendedorismo. Essa abordagem levam os elementos que representam os pilares que definem o empreendedorismo e tenta celebrá-los dentro de um ecossistema maior.

Growth hacking: a interseção entre marketing e desenvolvimento.

Growth hacking: a interseção entre marketing e desenvolvimento.

Os intraempreendedores são os novos empreendedores

Intraempreendedores repensam e promovem a inovação em processos, desenvolvimento de produtos, marketing, colaboração e em qualquer lugar e em todos os lugares que forem possíveis.

Na comunidade startup, uma das coisas que mais se fala sobre intraempreendedorismo é o papel do hacker de crescimento, ou growth hacking.

Para ser um growth hacking, você precisa ser justamente a pessoa encarregada de fazer mais com menos. A diferença aqui é que os growth hackers encarregam-se de fazer mais com menos, como cortar o modo como as coisas são feitas para encontrar uma maneira rápida de atingir metas.

O que é um growth hacking?

Growth hacking é a arte e a ciência de criar a consciência, a tração, adoção e utilização de meios de defesa não ortodoxas e surpreendente. É literalmente um hacker de processos tradicionais para acelerar os negócios.

Em 2010 Sean Ellis apresentou o conceito no seu artigo “Find a Growth Hacker for Your Startup”.

Em seu artigo, Ellis reconhece a diferença entre o marketing tradicional e o growth hacking no desenvolvimento dos negócios. O problema é que a maioria das startups tenta contratar para as habilidades e experiências que são irrelevantes, deixando de se concentrar nas competências essenciais.

As típicas descrições de trabalho muitas vezes estão carregadas de requisitos genéricos, mas aparentemente necessários, como a capacidade de estabelecer um plano estratégico de marketing para atingir objetivos corporativos, construir e gerenciar a equipe de marketing, gerir vendedores externos e etc.

A melhor definição sobre growth hacking vem através do Quora, e é dada por Andy Johns:

Growth hacking é a ideia de que um empreendedor pode ter uma abordagem inteligente ou não-tradicional para aumentar a taxa de crescimento/adoção de seu produto por hackear processos específicos para fins de crescimento.

O que é conhecido por hackear  hoje, será a definição mais comum do mundo da tecnologia no futuro, porque as pessoas estão acordando para o fato de que o crescimento não se limita a um bom produto.

É claro que, quando você ouve a palavra hacker, provavelmente você entende como invadir redes, ou sequestrar ideias e computadores para acessar seus arquivos e informações.

Mas, hacking ainda é um método de contornar tarefas tradicionais para conseguir atingir uma meta. Para competir com relevância no futuro, os tecnólogos e líderes acreditam que que o futuro do marketing se resume à tecnologia.

Growth hacking parece algo intrigante mas, na sua essência, representa uma homenagem à programação e o respeito à cultura das comunidades online, mídias sociais e mobile a fim de influenciar um comportamento diferente.

Em 2012, Andrew Chen, um empreendedor e blogueiro do Vale do Silício descreveu o conjunto de habilidades que serve a corrente growth hacking no notável artigo: “Growth hacking is the new VP of Marketing”.

Essa é a peça definitiva do que se espera, descrevendo a importância, as habilidades, as responsabilidades e os resultados em potencial de crescimento, quando os hackers assumem o papel do marketing.

Este não é apenas uma única função – toda a equipe de marketing acaba sendo influenciada. Ao invés de um vice-presidente de marketing, com um conjunto grupo de não-marqueteiros se reportando a eles, os growth hackers são engenheiros liderando equipes de engenheiros.

Growth hacking é método de contornar tarefas tradicionais para alavancar o crescimento de uma startup.

Growth hacking é método de contornar tarefas tradicionais para alavancar o crescimento de uma startup.

As pessoas são o quinto pê do marketing e a fonte de crescimento do growth hacking

A metodologia growth hacking leva pessoas de tecnologia usando tecnologia para atingir o público desejado para conseguir os cliques desejados, conversões e resultados.

Ele está certo. Mas ele está errado sobre as pessoas. As pessoas representam o quinto pê do marketing e é através da empatia em compreender os desafios do mundo real que abrimos as portas para novas oportunidades.

Para ter sucesso nos negócios e continuamente competir no futuro você precisa ter a cultura de intraempreendedorismo para desencadear a inovação dentro da sua empresa.

Lembre-se que isso tem muito menos a ver com fazer mais com menos e muito mais com encontrar ou criar soluções quando os recursos e oportunidades são pequenos e modestos.

Hackear o crescimento não é apenas sobre encontrar novos meios para o crescimento e pegar um atalho, mas sim sobre a descoberta de um meio para um fim, quando os outros caminhos para chegar ao resultado são vazios, medíocres e sem brilho.

___

Este artigo foi adaptado do original, “Think Like a Startup: Growth hacking Introduces New Marketing Hacks to Business”, do Brian Solis.

Comente este artigo

Populares

Topo