X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

A visão dos empreendedores e investidores


“Todo mundo sabe que o País é a bola da vez, então está na hora de pensarmos em ecommerce”, disse Paulo Biancalana, fundador da Dakotapart, no começo da apresentação no La Red Innova. Alec Oxenford, Co-Fundador e Co-CEO da Olx, acrescentou que, mesmo com tanto potencial, o Brasil ainda é pequeno na web e precisa “se desabrasileirar” para entrar de vez nesse mercado.

Eric Acher, Co-fundador da Monashees Capital, concordou: “Eu espero que, daqui a um tempo, a gente veja várias empresas brasileiras virtuais, mas ainda temos um caminho longo pela frente”. Ele ressaltou que expandir os negócios para outras regiões não é fácil, principalmente quando se pensa em América Latina.

O mediador Leandro Herrera, Gestor de Conteúdo Digital da Endeavor no Brasil, propôs um debate sobre a forma do empreendedor brasileiro lidar com o erro. Ele acredita que o mercado brasileiro é muito exigente e acaba rotulando a startup (e seu dono) que fracassa. Para Marco Gomes, Co-fundador e CEO da Boo Box, é preciso evitar “a glamourização do erro” e não esquecer que “o objetivo é acertar”. “Pior do que se martirizar por um erro é achar que o que você fez foi legal”, completou.

“Todo mundo sabe que o País é a bola da vez, então está na hora de pensarmos em ecommerce” – Paulo Biancalana

Entre tantos erros e acertos em um mercado em expansão, todos afirmam que dois elementos são fundamentais: se arriscar sem medo e sempre ter um plano B. “Mas cuidado para não usar o plano B cedo demais”, avisou Eric.

 

 

 

Via RSS de ResultsON

Leia em ResultsON

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo