X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

As 3 chaves para o sucesso do marketing de conteúdo


Os 3 parâmetros que vão fazer o seu conteúdo ser mais relevante e mais compartilhado na sua comunidade.

KISS – não a banda – mas a metodologia keep it simple stupid (mantenha tudo absolutamente simples), é provavelmente o melhor conselho que pode ser dado sobre marketing de conteúdo.

Pronto. O artigo acabou…

Ainda não. Mas este artigo vai tentar manter esse conselho e se mostrar simples para que você consiga traçar o seu planejamento de conteúdo de maneira funcional e, obviamente que dê resultados (positivos, de preferência).

A escalabilidade do conteúdo é de grande importância dentro do planejamento estratégico que envolve não apenas a reputação da marca, bem como ao branding, ao relacionamento e o crescimento do negócio.

O conteúdo, quando planejado cuidadosamente e com o envolvimento necessário por parte de quem produz é uma importante ferramenta na construção de um diferencial competitivo.

Não importa o quanto a sua empresa investe em estratégia de marketing de conteúdo, planejamento, produção, amplificação ou análise, existem 3 requisitos fundamentais que o seu conteúdo precisa satisfazer.

Um conteúdo espetacular não é maravilhoso até que seja descoberto, consumido e compartilhado.

É preciso produzir conteúdo do jeito certo

É preciso produzir conteúdo do jeito certo para não desperdiçar a audiência.

As 3 chaves para o conteúdo funcionar.

#1. O seu conteúdo precisa ser encontrado.

Muito do trabalho de conteúdo envolve o desenvolvimento de conteúdo da maneira que muitas empresas estão estruturadas, a descoberta do conteúdo é a única fonte que a empresa possui de tráfego.

O marketing de conteúdo eficaz é sobre a criação de conteúdo funcional para públicos específicos. Embora muitas vezes, a intenção do contexto muitas vezes não são completamente satisfeitas com o conteúdo produzido e encontrabilidade é subestimada pelos produtores de conteúdo.

Estamos falando aqui não apenas de SEO, mas também da otimização para a descoberta através das mídias sociais, além de canais de promoção de conteúdo, e-mails, links internos, distribuição de comunicados à imprensa, promoções nos canais e até mesmo programas de PPC – pay per click.

Qual a vantagem de criar um conteúdo maravilhoso se as pessoas não podem encontrá-lo?

Ao assegurar que as pessoas encontrem o seu conteúdo através da otimização e promoção para amplificar o seu alcance, o ciclo de vida do conteúdo pode ser estendido de maneira significativa.

Se você ainda define metas para o tráfego de pesquisa social e orgânica para o conteúdo que será produzido, o tempo investido na otimização do conteúdo – para que ele seja encontrado – será tão grande quanto o tempo para a sua produção.

#2. O conteúdo precisa gerar envolvimento.

A competição pelo conteúdo é grande e o engajamento em torno do conteúdo é uma métrica importante a ser considerada no momento da produção do conteúdo. Como fazer isso?

Criando um contexto, relevância e experiência em torno do conteúdo.

  • O seu conteúdo é relevante para o público que vai descobrí-lo?
  • A informação é útil?
  • A informação é instigante?
  • A informação ajuda a satisfazer o objetivo de quem a lê?
  • O conteúdo aproxima a empresa do consumidor?

A noção de engajamento pode ser subjetiva. Sendo assim, não deixe de identificar metas para o engajamento (seja uma combinação de pageviews, comentários e compartilhamentos nas redes sociais, tráfego e até mesmo conversões).

Monitorar as interações dos públicos com o conteúdo é imprescindível para discernir o que causa engajamento para que isso seja considerado nos próximos conteúdos.

#3. O compartilhamento.

Grande parte daquilo que é compartilhado na internet é sobre o que torna a vida das pessoas mais fácil – de alguma maneira.

Adicionar widgets é apenas uma parte de fazer com que o conteúdo seja compartilhado. E isso é apenas a ponta do iceberg.

Escrever títulos provocativos que ajudam no compartilhamento e que respeitem o limite de caracteres, por exemplo do Twitter é mais uma boa prática para fomentar o compartilhamento.

As imagens também ajudam. Queira você, ou não.

Obviamente que a qualidade do conteúdo e a sua relevância é o que vai, no final das contas, influenciar o compartilhamento.

Você está criando conteúdo que seja bom a ponto de ser compartilhado?

  • Crie conteúdo que valha a pena ser compartilhado – e que seja amigável às redes sociais e mecanismos de busca.
  • Torne fácil o compartilhamento pelas redes sociais.
  • E lembre-se sempre de responder: será que o compartilhamento ajuda o conteúdo cumprir o seu objetivo?
A simplicidade é o grande diferencial do conteúdo

A simplicidade é o grande diferencial do conteúdo.

Keep it simple.

Há uma grande quantidade de conteúdo por aí que não estão recebendo a exposição que poderiam, simplesmente porque quem cria o conteúdo não estão engajados com esses pequenos requisitos.

Garanta que o seu conteúdo tenha compromisso para que seja encontrado, para que o público se envolva e para gerar engajamento. Isso vai tornar o seu conteúdo uma ferramenta de geração de leads. E é justamente isso que o inbound pode fazer pelo seu website.

Estas características precisam estar presentes em todo conteúdo criado através do processo de planejamento e produção de conteúdo, de uma maneira que a sua eficácia seja constatada através da repercussão do conteúdo.

___

Este artigo foi adaptado do original, “3 Keys to Scaling Content Marketing Success”, do TopRank blog.

ee zemified e
feefec yowloop d yIlAUoCzA

feefec sFbDEzhxEE

Via RSS de YOW I Soluções para Inbound Marketing

Leia em YOW I Soluções para Inbound Marketing

Comente este artigo

Populares

Topo