X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Cinco dicas de empreendedorismo de um ex-membro de gangue


cbbcdc

O americano Ryan Blair não tem uma história muito típica de empreendedorismo. Hoje um empreendedor milionário e serial, Blair teve que superar uma adolescência de violência e de crimes. Aos 16 anos, ele já tinha sido preso dez vezes e fugido de casa e de um pai abusivo e viciado metanfetamina. Ele passou um ano vivendo no quintal de sua irmã e se juntou a uma gangue. Mas sua décima passagem pela cadeia – um período de 26 dias – o assustou o suficiente para que ele mudasse de rumo.

Hoje Blair é CEO da ViSalus Sciences, vendedora de um programa de perda de peso, empresa que ele fundou e vendeu em 2008. Ela está próxima de faturar US$ 600 milhões neste ano. Em uma década, Blair também fundou outras empresas e escreveu um livro sobre empreendedorismo, “Nothing to Lose, Everything to Gain: How I Went From Gang Member to Multimillionaire Entrepreneur” (Nada a perder, tudo a ganhar: Como eu passei de membro de gangue a empreendedor multimilionário”.

O site da Bloomberg Businessweek conversou com Blair e extraiu cinco dicas valiosas para qualquer empreendedor. Confiram:

– Não deixe ninguém roubar seu leite
Segundo Blair, no seu primeiro dia de prisão, você sempre é testado de alguma forma por outro prisioneiro. Geralmente isso acontece quando ele tenta roubar o seu leite na hora do almoço. Se você deixar isso acontecer, terá mais problemas futuramente. O mesmo acontece com negócios: todo mundo quer tirar proveito de você e de sua empresa e, por isso, você precisa se impor e defender seus princípios. “Se você permite que uma pessoa roube seu leite, outras farão o mesmo”, afirma.

– Faça com que as pessoas mereçam sua confiança
Quando você abre sua primeira empresa, sua reação natural é confiar cegamente em todo mundo, principalmente possíveis parceiros de negócio. Mas, assim como nas ruas, você não deve confiar em ninguém logo de cara. A filosofia de Blair é que todos devem fazer por merecer a confiança dele, e ele testa continuamente as intenções e motivações dessas pessoas.

– O cara mais forte não é o mais poderoso
A pessoa mais poderosa de uma empresa – assim como de uma gangue – é a pessoa mais influente, e por isso você tem que tomar muito cuidado. Você pode ser o fundador da empresa, mas alguém influente indo contra seus objetivos pode tirá-lo do jogo tão facilmente quanto um criminoso com uma arma.

– Experiência vence o conhecimento teórico
Para Blair, pessoas que possuem experiência e demonstram isso na prática impressionam muito mais do que pessoas que esbanjam em currículos, retórica e teoria.

– Pelo menos acerte meu nome
Blair diz que muitas pessoas que seguiram uma rota mais tradicional rumo ao empreendedorismo não dão valor a sua história de sucesso, e que muitas ainda falam mal dele. Como empreendedor você deve ignorar isso. “Fale de mim o quanto quiser – bem ou mal -, porque eu não estou prestando atenção. Mas pelo menos acerte meu nome, está bem?”, ele diz.

Via RSS de Papo de Empreendedor

Leia em Papo de Empreendedor

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo