X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Cinco resoluções de Ano-Novo para aspirantes a empreendedor


papo_resolucoes

As festas passaram, a ressaca, também, e é mais que hora de colocar em 2012 em prática. E, no começo do ano, muitas pessoas querem concretizar a resolução de começar um negócio novo. Mas por onde começar? Tony Navarro, fundador e CEO da Streamcal, que faz calendários inovadores para a web, dá algumas lições para os aspirantes a empreendedor. As dicas foram publicadas no site do Young Entrepreneur Council, organização sem fins lucrativos que reúne jovens e promissores empreendedores. Confira:

1. Faça uma lista de ideias. Quando Navarro conta para as pessoas que é um empreendedor, muitas respondem: “Eu também seria, se tivesse A ideia”. A verdade é que não é necessário ter um conceito revolucionário para começar um negócio. Se você quer mesmo ser empreendedor, você será conduzido pela oportunidade. Empreendedores procuram as ineficiências, os problemas e necessidades não resolvidos. Se você é mãe, terá insights sobre os cuidados com crianças. Se é um estudante, saberá economizar dinheiro. Mantenha um diário dos problemas, questione o status quo e escreva as ideias conforme elas vierem.

2. Pare de ficar pensando. Um grande passo para o empreendedor é aprender a dar o primeiro salto e colocar ideias em prática. No início, as dúvidas terão peso maior do que os fatos, os dados e as respostas. Vai funcionar? Por que ninguém fez isso ainda? O mercado é grande o suficiente? Todas são questões razoáveis e o ajudarão nos próximos passos. Mas elas não devem ser justificativa para a estagnação. Se você ficar preso nas ervas daninhas, não dará o salto.

3. Comece a fazer. Como se passa de um desenho em um guardanapo de papel para um produto? O único jeito é fazê-lo. Você pode mitigar riscos conforme obtém dados sobre a ideia. O feedback inicial é gratuito: fale sobre o produto com clientes e fornecedores. E não precisa ser um item finalizado – faça um protótipo ou uma simulação. Não se preocupe demais com a possibilidade de alguém roubar a sua ideia. Ao compartilhar o conceito, é mais provável que você encontre investidores.

4. Não seja impulsivo. Só comece a desenvolver produto quando estiver confortável com os fatos que você coletou sobre a ideia. Muitas pessoas começam a gastar dinheiro antes de validar o conceito. Mas lembre-se de que quanto mais você aprende, mais você progride. Se for contratar alguém para fabricar seu produto, faça uma investigação sobre o fornecedor. Tenha certeza de que ele é confiável e capaz.

5. Tenha paciência e coragem. Novos negócios encontram um número enorme de desafios, mas você é o maior obstáculo. Criar um negócio leva tempo, o que significa que você terá de se programar para uma longa jornada e se cercar de pessoas que possam apoiá-lo. Os empreendedores de maior sucesso aprenderam que uma casa é feita tijolo por tijolo, sobre uma fundação sólida. Ouvimos muitas histórias de sucesso repentino, mas há muito suor e lágrimas atrás da cortina.

Via RSS de Papo de Empreendedor

Leia em Papo de Empreendedor

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo