X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Creative Space é o novo hub da economia criativa digital em SJC


parquetecnologicovisaoaera

* Por Armindo Ferreira

São José dos Campos (SP) fica a cerca de 100 km da capital de São Paulo e é um grande polo de fomento ao empreendedorismo focado principalmente em tecnologia e no setor aeroespacial. A cidade tem cerca de 350 mil habitantes e a atividade econômica principal é a industrial.

A cidade abriga grandes centros de pesquisa e instituições reconhecidas nacionalmente pela sua excelência em pesquisa e inovação. É o caso do ITA – Instituto Tecnológico de Aeronáutica; e do DCTA – Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial. Grandes multinacionais tem unidade na cidade como a Johnson & Johnson e a globalizada Embraer que teve sua fundação e desenvolvimento na cidade.

Mas o celeiro das inovações e startups está mesmo no Parque Tecnológico da cidade, que busca reunir os setores público, privado e instituições de ensino e pesquisa em um único lugar. Recentemente foi inaugurado o segundo centro empresarial com espaço para que empresas com base tecnológica possam se instalar no ambiente.

CECOMPI – Centro para a Competitividade e Inovação do Cone Leste Paulista.

E é dentro do Parque Tecnológico que fica o CECOMPI: organização de direito privado sem fins lucrativos cuja missão visa promover a competitividade dos clusters econômicos através da promoção da sinergia entre organizações de ensino e pesquisa, empresas e poder público.

parque-tecnologico-sjc

Parque Tecnológico de São José dos Campos

A entidade gerencia dois arranjos produtivos locais, um voltado para o setor aeroespacial e que conta hoje com mais de cem empresas. Já outro é focado nos empresários de TIC da região e conta com mais de 60 empresas – o grupo tem se estabelecido como pioneiro na busca de soluções para programas de cidades inteligentes e já negocia com diversos players soluções de forma integrada.

Há também o Escritório de Negócios que oferece ao ecossistema empreendedor do Parque Tecnológico dezenas de soluções de treinamento, consultoria, certificações e prestação de serviços.

O CECOMPI também é encarregado de gerenciar o Programa de Incubadoras de São José do Campos, formado por 4 centros: Incubaero (como foco em startups do setor aeronáutico), Incubadora REVAP (com foco em startups com soluções para o setor energético), Incubadora Univap (localizada dentro de uma das principais universidades da cidade), e a Incubadora do CECOMPI (focada em projetos variados de base tecnológica).

Há ainda o CDM – Centro de Design e Manufatura que conta com suporte para criação de protótipos e material de teste. A sala dispõe de variados modelos de impressoras 3D, scanner 3D móvel, torno CNC e diversas ferramentas de prototipagem. Também existe espaço de co-working para projetos de desenvolvimento de aplicativos, salas de testes críticos de software e salas de treinamento e reunião.

Creative Space – Fomento ao empreendedor da economia criativa digital

creative-space

Recentemente se instalou no espaço de incubadoras do CECOMPI o Creative Space São José dos Campos, um HUB para fomentar e acelerar projetos inovadores na área de produção de conteúdo digital.

O espaço pode abrigar até 10 projetos vão receber mentoria e apoio para desenvolvimento da empresa, além de suporte para atração de investidores. São buscados projetos com novos modelos de negócio para o setor da comunicação e propostas para criação de conteúdo digital para a internet tais como blogs, canais no Youtube e outros formatos. O processo de aceleração dura três meses com a possibilidade de ser expandido por mais três. Para participar do processo de seleção não é preciso pagar e há um plantão de atendimento presencial toda terça e quinta-feira no período da tarde para tirar dúvidas dos empreendedores que queiram apresentar um projeto.

Um acompanhamento às startups nos diversos estágios

Com a estrutura oferecida o futuro empreendedor pode começar no coworking, ir para o programa de incubadoras, ao ser graduada pode se instalar no Centro Empresarial do Parque Tecnológico e enfim sair com deste ambiente com uma empresa sólida construída.

São várias as possibilidades de apoio, seja num atendimento presencial ou nos diversos editais lançados todos os anos. Há, é claro, diversos desafios na busca pela sinergia entre todos os atores envolvidos neste tipo de operação, mas podemos dizer que a cidade tem feito sua lição de casa para apoiar negócios inovadores com base tecnológica. Assim o Vale do Paraíba busca ser reconhecido no campo do empreendedorismo como o outro Vale (aquele…  do Silício!).

 


armindo-ferreira

Armindo Ferreira tem mais de 13 anos na área de comunicação, marketing e jornalismo.  Atua com empresas de diversos portes como consultor. É diretor de marketing da Cruz e Ferreira, professor para alunos de graduação, pós e MBA. Criador do evento Diálogos Digitais/SMSP, sócio-diretor da Postei! e do Creative Space SJC. Autor do blogdoarmindo.com.br.

O post Creative Space é o novo hub da economia criativa digital em SJC apareceu primeiro em Startupi.

de wPWNecMQM

Via RSS de startupi

Leia em startupi

Comente este artigo

Populares

Topo