X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Dicas para dominar qualquer habilidade: Parte 3


Dominar habilidade

Esse artigo é uma tradução do artigo “27 tips for mastering any skill” do portal Entrepreneur.com. Essa é a parte 3 de 3. Confira a parte 1 aqui e a 2 aqui.

Dando continuidade às dicas passadas anteriormente:

19. Não se contente, continue sempre em frente

Depois de sair da fase inicial de aprendizado, temos uma inclinação a seremos conservadores, de trabalhar em áreas conhecidas cujas regras sejam familiares.

A chave para a maestria é rejeitar o conservadorismo e se manter sempre arrojado.

20. Absorva tudo que puder, e depois deixe seu cérebro fazer as conexões

O cérebro é projetado para fazer conecxões. Quando focamos muito em determinada tarefa, ficamos tensos e nosso cérebro se fecha. Os mestres lêem e absorvem tudo que podem em áreas relacionadas para manter o cérebro ativo.

Foi dessa maneira que Louis Pasteur fez a descoberta que levou às vacinas. Ele investiu anos desenvolvendo a teoria dos germes, o que o levou ao insight de que frangos sobrevivem a uma injeção de germes enfraquecidos. Como ele disse, a sorte favorece as mentes preparadas.

21. Evite manter as coisas em categorias familiares

As mentes mais criativas resistem à tentação do cérebro de decretar tendências, classificar as coisas em categorias fáceis e simplificar tudo. Com certo esforço, é possível alterar essa perspectiva.

Larry Page e Sergey Brin tiveram o insight que gerou o Google através de algo que parecia uma falha, ranquear as páginas numa busca a partir da quantidade de vezes que ela era mencionada. Uma anomalia os levou para um caminho muito mais efetivo.

22. Não deixe a impaciência atrapalhar os seus planos

Uma das maiores forças de John Coltrane, a improvisação, já foi uma fraqueza. Ao invés de focar na inovação, ele poderia ter se limitado à imitação.

Depois de anos absorvendo o estilo dos outros e aprendendo um vasto vocabulário técnico, ele aprendeu a transformar esse conhecimento em algo muito pessoal e completamente diferente de todo o resto.

Um dos maiores impedimentos para a criatividade é a impaciência. Se mantenha no seu caminho e desenvolva uma voz autêntica.

23. Valorize inteligência mecânica e abstrata igualmente

Os engenheiros mais brilhantes do mundo falharam em criar uma máquina voadora que funcionasse. Em compensação, Orville e Wilbur Wright eram mecânicos de bicicletas.

O simples insight de que a máquina voadora precisava se mover mais como uma bicicleta do que como um navio os ajudou a superar pessoas que atacavam aquele problema há anos.

Inteligência mecânica, com foco na funcionalidade, pode ser tão vital e criativa quanto a inteligência abstrata.

24. Evite as “travas técnicas” ou ficar envolvido em detalhes ao invés do problema real

A pioneira na robótica Yoky Matsuoka tina uma meta impossível, construir uma mão robótica que fosse real. Para ela, o desafio não estava na série de quebra-cabeças técnicos, mas em aprender o processo para entender a mão humana. Detalhes anatômicos que pareciam irrelevantes se mostraram extremamente importantes mais a frente.

Se prender a características técnicas faz com que as pessoas percam perspectiva sobre questões mais amplas.Olhando para a mão humana, Matsuoka ultrapassou pessoas que estavam travadas em questões técnicas por anos.

25. Una a intuição ao lado racional

Esse é o passo final. Imersão profunda em uma área, experiência prática, tepo de mentoria e destravar o potencial criativo para criar uma grande gama de conhecimento e habilidade para reagir de forma instintiva a qualquer situação.

Combinar o instinto com os processos racionais permite que as pessaos alcancem seu potencial máximo, que se tornem mestres.

26. Molde o mundo ao redor das suas fortalezas

Albert Einstein era um cientista ruim. Ele odiava a maneira que a física era ensinada e simplesmente não gostava de fazer experimentos. Seus maiores insights viram de outro lugar. A teoria de relatividade veio parcialmente enquanto ele pensava numa imagem de trens, raios de luz, homens e mulheres.

Ao decidir aos 20 que devia fugir da ciência experimental tradicional e usar seu desgosto por autoridades para remover as travas que o seguravam, Einstein fez algo que parecia intuitivo, parecia ilógico, mas era intensamente racional.

27. Saiba que a prática é tão importante quanto o talento

Cesar Rodriguez, apelidado como o “Último ás americano”, não era um piloto naturalmente talentoso. No início, ele sofreu. Então ele alcançou a turma e ultrapassou a todos com muita prática.

Ele dominava todos os controles e reagia melhor do que aqueles que dependiam do talento. Isso o ajudou a cumprir suas missões e merecer esse apelido.

Alcançar grandes feitos através de milhares de horas de prática parece de certa forma algo corriqueiro, mas é aí que as pessoas realmente se tornam mestres.

Nota do editor: Se você gostou da série de artigos e quer se aprofundar no tema, confira nossos outros artigos sobre aprendizado.

P.S.: Créditos da imagem Shutterstock

The post Dicas para dominar qualquer habilidade: Parte 3 appeared first on Saia do Lugar.

fc SaiaDoLugar i SHiKA BURM gAyDedVy DDqBpKExk

fc SHiKA BURM

Via RSS de Saia do Lugar

Leia em Saia do Lugar

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo