X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

E-commerce prevê bons resultados para o Dia das Crianças


Mais uma data comemorativa se aproxima e a expectativa de movimentação nas lojas virtuais para o Dia das Crianças já são altas. É esperado um crescimento superior ao registrado no ano passado. Em 2011, o crescimento foi de 16% em comparação ao ano anterior, sendo movimentados R$ 713 milhões entre os dias 28 de setembro a 11 de outubro, de acordo com os dados divulgados pela e-bit.

O diretor da JN2 e-commerce solutions, Leonardo Neves, ressalta que essa é uma das datas de maior movimentação do comércio tradicional, mas também tem gerado bons resultados no comércio virtual. “As empresas que possuem canal de vendas na internet devem aproveitar as datas sazonais para investirem e ampliarem seu faturamento. Nessas ocasiões aumenta bastante o acesso às lojas virtuais, gerando ótimas oportunidades para conquistar e fidelizar clientes”, alerta.

E-commerce prevê bons resultados para o dia das crianças

O especialista acredita que o ambiente virtual favorece a ampliação da atuação por meio de diversas ferramentas como redes sociais, buscas personalizadas, estudo do perfil do cliente, dentre outras, o que pode facilitar o planejamento e execução das estratégias de marketing.

Para o diretor-presidente da Web Consult e especialista em inteligência digital, Leonardo Bortoletto, o mercado de e-commerce está em crescente expansão, principalmente pela maior segurança dos sites, melhores opções de pagamentos digitais, à possibilidade de comparação de preços e produtos em um curto espaço de tempo e, ainda, ao incremento do poder de compra da população. “Outro fator é a migração de grandes empresas do ramo varejista para a internet, em forma de e-commerce, além dos shoppings online, agregando várias lojas e produtos afins em um mesmo ambiente facilitando o processo de escolha, pesquisa e compra. Lojas e produtos voltados para o público infantil é um dos segmentos de mercado que tem se destacado”, observa.

Atualmente, as crianças não escolhem apenas brinquedos. Para Bortoletto, com a evolução da tecnologia e o maior acesso dos jovens à informação, a escolha cresce por produtos de maior valor agregado, como os produtos eletrônicos. “Já faz parte da cultura mirim pesquisar na Internet as novidades do mercado de produtos que eles mais preferem consumir”, afirma o especialista.

Via divulgação Zoom Comunização.

Via RSS de Blog Mídia8!

Leia em Blog Mídia8!

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo