X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Loja 3.0.


fc adbadeffbcd wi
Está rolando nesse momento o evento BIG SHOW 2012 da NRF nos EUA.

A NRF ou National Retail Federation é a maior instituição-associação sobre varejo dos EUA, e o BIG SHOW é o maior evento anual sobre varejo dos EUA.

Vocês já devem ter lido alguns posts aqui no blog onde nós falamos sobre NRF.

Além do BIG SHOW, a NRF também é organizadora do ShoOrg Annual Summit, o maior evento sobre comércio eletrônico do planeta – aquele onde todos os anos nós reunimos um grupo de executivos para compartilhar juntos a experiência do evento.

O BIG SHOW 2012 está no ar. O evento começou hoje. E a cada ano que passa o varejo digital vai ocupando cada vez mais espaço dentro do BIG SHOW. Esse ano, pelo que parece, o tema central do BIG SHOW será sobre como as lojas tradicionais vão se adaptar a ascensão do comércio eletrônico.

A coisa é tão séria que o BIG SHOW começou o evento de hoje criando uma nova buzzword: Loja 3.0.

O que seria a Loja 3.0?

Loja 1.0: Você visita uma loja física para encontrar o vestido perfeito para um evento.

Loja 2.0: Você visita uma loja física para encontrar o vestido perfeito para um evento, e então usa oShopStyle.com para buscar por vestidos similares ou melhores.

Loja 3.0: Enquanto você está surfando no seu iPad, você vê a foto de uma celebridade vestindo um vestido perfeito que você procura para o evento que você vai participar, e então busca pelo produto online, e eventualmente faz a compra, ou então visualiza a disponibilidade do produto na loja física ou busca por um produto similar dentro do seu orçamento.

A Loja 3.0 traz a loja para o consumidor através de um dispositivo mobile que permite visualizar a estabelecimento através de vários canais e mídia.

Nada demais, certo?

Quem vive no mundo dos dispotivos mobile, comércio eletrônico etc, já está careca de saber que o iPad e o iPhone são a bola da vez quando o assunto é comércio eletrônico.

Mas agora, finalmente, a turma das lojas físicas está percebendo o quão sério são as iniciativas de comércio eletrônico para o futuro do varejo e se movendo de diferentes maneiras para lidar com a revolução que está em curso.

Hoje, durante o primeiro dia do BIG SHOW, a Deloitte soltou uma pesquisa que mostra que os comerciantes americanos pensam que a participação das lojas de tijolo e cimento (lojas físicas) nas vendas totais do varejo cairá dos 91% atuais para 76% em 5 anos, baixando ainda mais, para 63%, depois disso. Por isso mesmo, não surpreende que 85% deles vejam a loja física no futuro como um lugar onde poderão oferecer, mais que produtos, mas experiências de marca.

EU ACREDITO que em um futuro muito próximo as melhores lojas físicas serão aquelas que se transformarem em locais interativos onde podemos experimentar os produtos que queremos comprar ou vivenciá-los na prática.

Essa coisa de prateleira com produto fechado já era. Essa coisa de vendedor que vende cinto para quem compra calça já era. As lojas físicas terão que abrir os produtos, deixar os clientes tocá-los, e principalmente, criar todo um contexto dentro da loja para que o cliente possa perceber como usar o produto e muito mais.

A transformação das lojas, segundo a Deloitte, passará por 3 pontos principais – o espaço físico, os processos e perfil dos funcionários. As lojas serão locais de experiencias e vão mesclar características do mundo físico e do virtual. A tecnologia será utilizada tanto para proporcionar as tais experiências quanto para melhorar a capacidade de venda da equipe da loja. E os vendedores deverão ter o perfil de consultores bem informados, atuando também como embaixadores da marca.

O bicho vai pegar para as lojas físicas. E a festa já começou!

 

Via RSS de BizRevolution. Um Novo Olhar Sobre As Mesmas Coisas.

Leia em BizRevolution. Um Novo Olhar Sobre As Mesmas Coisas.

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo