X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Mentoria e Aceleração: quando coisas boas viram coisas ruins


ceaef  blank signsEm alguns episódios e conversas recentes tenho sido questionado sobre mentoria e aceleração e, óbvio, acho que são dois mecanismos poderosos de ajudar as startups e os empreendedores mas – lá venho eu com meus “mas” – é preciso olhar com cuidado para alguns pontos que pouca gente está vendo.

Mentoria

1. Mentoria onde o mentor não critica e apenas elogia o (muitas vezes) colega é muito ruim. É melhor não fazer, pois acaba sendo um reforço positivo muito ruim para o empreendedor. Busque críticas!

2. Empreendedor viciado em mentoria é outra coisa ruim. Vira um tal de a cada mentoria pivotar tudo que acaba transformando o empreendedor numa verdadeira barata tonta. Busque mentoria só de vez em quando.

3. Mentoria que soa como consultoria também é outra coisa muito ruim pois geralmente o mentor não conhece suficiente o assunto, tem algumas ideias e como é alguém articulado e convincente, acaba por fazer prevalecer a sua opinião e leva o empreendedor a perder o foco.

4. Mentoria feita por gente muito inexperiente é outra coisa ruim. Melhor não ter. Busque quem já fez.

 

 Aceleração

1. Quando o processo de aceleração não é sinônimo de conhecimento, aprofundamento e reflexão, mas apenas de “chegar” mais rápido a um investidor, isso é péssimo. Dará uma sensação de sucesso de curto prazo com muita dor de cabeça em seguida. Procure processos que busquem melhorar seu negócio e não torná-lo mais rápido.

2. Aceleração feita por gente/empresa que mais parece um mentor (às vezes até mesmo um palpiteiro), ou seja, sem capital, sem estrutura, sem acordos de verdade, sem oferecer um apoio real além de bla bla bla, é outra roubada pois o empreendedor sairá cheio de velocidade mas sem as condições de acelerar nada de fato. Procure aceleradoras de verdade, experientes mesmo. Pergunte o track record de quem está tocando.

3. Aceleração pressupõe um enorme reality check que muitos empreendedores não estão dispostos a fazer. Se você não está disposto a rever tudo, não perca seu tempo, vai ser um desgaste enorme.

4. Aceleração tem que ser passagem, ou seja, tem prazo e não deve ocorrer mais de uma vez para uma mesma empresa, pois provavelmente se não adiantou na primeira, não vai adiantar na segunda vez.

5. Aceleração também pode matar seu negócio pois gente “experiente” muitas vezes tem muita mais dificuldade de fazer a disrupção. Se abra para um reality check, claro, mas fique atento se o que te dizem e quem te diz sabe mesmo do que está falando.

Repito que sou fã de ambos os processos, mas fazer mentoria de alguém que não quer ouvir ou virou serial mentoree é muito chato e, tenho certeza, inútil. Entrar num processo de aceleração pelos motivos errados ou com as pessoas erradas, também será um enorme tempo perdido.

Fique atento!

 

Imagem: sue_r_b (sxc) 

 

ceaefRmCAcQXI

Via RSS de startupi

Leia em startupi

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo