X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

O homem com a missão de salvar o Yahoo!


Yodel Anecdotal

Não é preciso ser muito observador, apenas ter alguma idade, para perceber que o Yahoo! já ocupou espaço maior na internet. A missão de reverter a situação de queda está desde o início desta semana nas mãos de Scott Thompson, recém-saído do PayPal, sistema de pagamento via rede que pertence ao eBay. Ele é considerado o responsável por ter mais do que duplicado (de US$ 1,8 bilhão para US$ 4 bilhões) o faturamento do serviço em dois anos.

O Yahoo! ainda é muito forte como provedor de e-mail nos Estados Unidos e mantém um conteúdo noticioso de qualidade nas áreas de finanças e esportes. Mesmo assim, na entrevista em que anunciou a contratação de Thompson, o presidente do conselho diretor, Roy Bostock, admitiu que a empresa está “marcando passo”. Apesar do lucro estimado de US$ 1 bilhão em 2011, o Yahoo vem perdendo terreno rapidamente para o Google e o Facebook, que já superou o concorrente em volume de publicidade. A participação do Yahoo! no mercado de anúncios da internet caiu de 13,3% em 2010 para 11% no ano passado.

Foram esses números que causaram a demissão da antecessora de Thompson, Carol Bartz, em setembro, depois de dois anos no cargo. Os observadores acham que o Yahoo! se perdeu ao concentrar esforços em criar conteúdo próprio, enquanto o Google, por exemplo, agrega conteúdo de outras fontes enquanto investe pesado em tecnologia.

Sem entrar em detalhes, Thompson disse que o Yahoo! precisa fazer ofertas inovadoras tanto para usuários quanto para anunciantes, e assim criar um efeito cascata. Alguns especialistas afirmam, no entanto, que são raros os casos de recuperação na internet. Thompson reagiu a previsões como essa dizendo que “o valor de nossos negócios principais é muito mais sólido do que se acredita hoje”. A declaração não combinou com a decisão da empresa de vender a maior parte de sua participação no Yahoo! Japan e no grupo chinês Alibaba.

Via RSS de Papo de Empreendedor

Leia em Papo de Empreendedor

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo