X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Papaya chama startups B2B mobile para nova turma de aceleração


270472951_fe1d2a0202_b

A Papaya Ventures, aceleradora carioca, abriu inscrições para startups que querem fazer parte da segunda turma de seu programa de aceleração. As empresas têm que atuar na área de mobile B2B (onde os clientes são corporativos) e poderão receber R$ 20 mil da aceleradora, além de mentoria, recursos e possibilidade de usar o espaço coletivo de trabalho da empresa. Veja aqui como fazer sua inscrição.

“A escolha do tema se deu pela percepção de que a tecnologia móvel continuará um crescimento vertiginoso e passará ser visto por grandes corporações como um grande fonte de solução para a nova força de trabalho que será mais móvel, flexível e global”, diz comunicado divulgado pela Papaya, sobre a escolha do B2B.

O programa da aceleradora tem duração de seis meses e conta com mentores nacionais e internacionais em diversas áreas.

“A primeira metade do programa é dedicado ao aprendizado qualitativo e usa metodologias como “design thinking” e “user centered design”, desta maneira nossas startups compreendem a fundo o problema de seus clientes e desenvolvem experiências, não produtos. A segunda metade do programa é dedicada ao aprendizado quantitativo e usa metodologias de marketing viral, analytics e split tests”, diz a Papaya.

Segundo a aceleradora, serão selecionadas de cinco a oito startups da área de mobile B2B.

É importante destacar que a Papaya foi uma das aceleradoras selecionadas para supervisionar as startups que receberão recursos do programa Start-Up Brasil, por meio de edital a ser lançado. Entrei em contato com o pessoal da aceleradora e eles disseram que logo começarão as entrevistas com as startups candidatas a seu processo e indicarão a existência do edital, para quem tiver interesse –o  governo dará até R$ 200 mil não-reembolsáveis por startup. Quem não quiser participar do edital, não será eliminado do processo da Papaya, diz a aceleradora.

Durante o processo o edital, as aceleradoras poderão indicar quais startups querem acelerar e as startups poderão dizer qual processo de aceleração preferem. A Papaya informa que, após ter feito as entrevistas do processo seletivo, poderá saber melhor quais startups escolherá do edital.

Veja o nosso especial sobre o programa Start-Up Brasil

Leia o que nós já publicamos sobre a 1ª turma da Papaya: Papaya Ventures investe nas cinco primeiras startups: Rabisquedo, Radii, Dujour, Buus e uSitCom 4 meses de desenvolvimento, Papaya faz lançamento oficial de apps criados por startups aceleradascecabcf BoR DRDpO

Via RSS de startupi

Leia em startupi

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo