X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Pirâmides egípcias perdidas aparecem no Google Earth


Se apenas Howard Carter tivesse acesso às imagens de satélite, talvez ele tivesse descoberto mais do que só a tumba do Rei Tut. Felizmente, o Google Earth significa que qualquer um pode examinar a superfície do planeta em busca de tesouros perdidos. Incluindo Angela Micol, uma pesquisadora e arqueóloga que acredita ter encontrado as até então não descobertas pirâmides antigas, escondidas à vista de todos no Egito.

Micol, que vive na Carolina do Norte, chegou a dois locais separados por cerca de 145 km que possuem todos os sinais de terem pirâmides antigas. A primeira tem aproximadamente 42,6 metros de comprimento com um topo plano, o que indica que a erosão possa ter destruído seu cume. Três outros montes se estendem a partir dele, quase como se fossem uma cauda. Se esse alinhamento soa familiar, é porque ele se parece com a forma que as famosas pirâmides de Giza estão alinhadas.

Considere, ainda, que o local fica a 3,2 km a leste de Dimai, uma cidade antiga que acredita-se foi fundada por Ptolomeu II no século 3 AC. E que as construções aparentemente foram levantadas com tijolos de barro e pedras — exatamente como as ruínas da cidade.

O outro local, a 19,3 km da cidade de Abu Sidhum, perto do Nilo (onde todas as outras pirâmides egípcias estão), tem quatro montes com topos triangulares. Dois são maiores e dois, menores, com 76,2 metros e 30,5 metros, respectivamente. Do que se pode observar, as quatro construções foram dispostas de forma bastante deliberada, muito parecida com um planalto próximo em formato triangular.

Outras pirâmides.

É fácil termos esses avistamentos no Google Earth e as pessoas fazem isso o tempo todo. Mas nesse caso, o egiptologista e expert em pirâmides Nabil Selim confirmou que essas podem ser bem reais. Nem mesmo 1% do Egito antigo já foi escavado. E essa não é a primeira vez que um pouco de escavação virtual recuperou tesouros no Egito. Ano passado, a egiptologista e professora da UAB Sarah Parcak anunciou a descoberta de 17 pirâmides, 3100 assentamentos antigos e quase 1000 tumbas com a ajuda de imagens de satélite infravermelhas. É um montão de múmias.

A revelação de Micol pode ser furada, mas os detalhes sugerem que a pesquisadora hobbista tem uma maravilhosa descoberta em suas mãos. Ou melhor, em seu navegador. [Google Earth Anomalies via ANN viaEngadget]

fc di
fc MONS Mh A

Via RSS de Gizmodo Brasil

Leia em Gizmodo Brasil

Comente este artigo

Populares

Topo