X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Porque pessoas não-tecnológicas deveriam se candidatar a empregos na área de tecnologia


tech_jobs

Artigo por Michal Tsur, co-fundadora da Kaltura.

 

Se você tem um smartphone, tablet ou, ainda, se passa o dia colado à tela do seu computador, sabe algo sobre a revolução tecnológica. Mas você já pensou em como isso pode afetar sua carreira? “Eu não sou uma pessoa tecnológica”, você pode responder.

É aí que você está errado! Mesmo pessoas que não são tecnológicas podem se candidatar a empregos na área tecnológica e rapidamente desenvolver novas habilidades. As posições na indústria tecnológica estão crescendo em grandes áreas metropolitanas dos Estados Unidos – São Francisco teve um aumento massivo de 51,8% em empregos tecnológicos entre 2007 e 2012. Já Nova York viu um aumento de 11% nesse período, e a indústria tecnológica como um todo soma mais de US$ 30 bilhões em salários anuais para a economia da cidade.

Mesmo que você não tenha experiência ou diploma relacionado à tecnologia, se você é esperto e aprende rápido, pode aprender novas habilidades tecnológicas e ganhar experiência no emprego. Por isso, você deveria seriamente considerar procurar empregos tecnológicos, mesmo que atualmente não tenha nenhuma habilidade na área.

Tecnologia não é um mistério

Como qualquer outra habilidade, a tecnologia pode ser aprendida no próprio trabalho. Hoje em dia, muitos dos treinamentos são feitos de maneira informal, por observação, interação com os colegas de trabalho e pequenos projetos. Com a tecnologia você terá os três. Pessoas inteligentes e com boas habilidades de aprendizado podem se candidatar para qualquer emprego, especialmente os de entrada. A maioria das empresas está buscando candidatos para posições em business intelligence. Pense nos gerentes de projeto, desenvolvedores de produtos ou analistas. Esses cargos são ótimas maneiras de alavancar suas habilidades atuais e aprender mais sobre aquelas específicas de tecnologia no trabalho.

Você não será só mais uma engrenagem da máquina

A maior vantagem de trabalhar com tecnologia é a habilidade de criar produtos e soluções que impactam na vida das pessoas – tudo em um curto período de tempo. Geralmente a tecnologia é uma indústria mais jovem, com impacto direto na cultura. Se você fixar emprego em um dos principais centros de tecnologia – São Francisco, Nova York, Boston, Londres ou Tel Aviv – há uma comunidade poderosa de networking e um fôlego impressionante na atividade social com o qual você pode se envolver. Você será verdadeiramente parte de uma comunidade.

Ninguém tem experiência no primeiro emprego

Na Kaltura, particularmente, gosto de contratar pessoas espertas com grande capacidade de execução. Você ou é esperto e orientado para fazer as coisas acontecerem ou não é. A experiência, entretanto, pode ser facilmente adquirida. Para muitas empresas, faz sentido investir em desenvolver a experiência dos funcionários em troca de talento puro. Por exemplo, eu contratei uma ótima trabalhadora que veio para minha companhia sem qualquer experiência com tecnologia. Ela se tornou uma das nossas principais gerentes de projetos. Tudo que precisamos ver no processo de contratação é que os candidatos são extremamente espertos, têm rápida capacidade de aprendizado e de execução. Se você é esperto, extremamente curioso, interessado em aprender e tem sido um trabalhador duro no seu passado não-tecnológico, você se sairá bem em um trabalho com tecnologia.

Se jogue!

Convencido de que gostaria de tentar seu próximo emprego em uma empresa de tecnologia? Aqui há três dicas rápidas:

  • Seja um pouco autodidata. Há uma série de recursos para ajudá-lo a aprender algumas habilidades tecnológicas básicas por conta própria. Os cursos online abertos (Massive Open Online Courses, ou MOOCs) podem ajudar a construir um repertório de informações básicas que você pode colocar no seu currículo. Mas lembre-se: há muitos empregos que não estão diretamente relacionados à tecnologia em startups tecnológicas que podem ser uma melhor escolha para você. São os casos de marketing, mídias sociais, finanças, contabilidade ou RH.
  • Seja agressivo. Você precisa mostrar seu desejo de pular para dentro do mundo da tecnologia. Isso pode significar ir além no processo de contratação, transformando seu currículo em vídeo ou resumo infográfico, participando de eventos de rede ou de criação de entrevistas informativas com os executivos que você admira. Fale alto quando se trata do seu desejo de entrar nessa indústria e as pessoas notarão.
  • Concorde com salários baixos no início. Construir habilidades em tecnologia leva tempo. A indústria vale bilhões, claro, mas você não pode esperar um salário alto logo de cara. Enquanto você deve ser pago em salários justos, se prepare para que sejam abaixo do que você previa antes de adquirir todas as habilidades de que precisa. Isso se chama construir carreira.

As ofertas em tecnologia são uma excelente oportunidade de se envolver com essa indústria em crescimento, que é criativa e satisfatória. Mesmo que você não tenha as habilidades agora, não há nada impedindo de que você as consiga. Faça com que a revolução tecnológica funcione para você.

O que está esperando?

Artigo por Michal Tsur, co-fundadora da Kaltura.

O post Porque pessoas não-tecnológicas deveriam se candidatar a empregos na área de tecnologia apareceu primeiro em Startupi.com.br.

aecbf gUCbo

Via RSS de startupi

Leia em startupi

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo