X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Sam Smith, o garoto de 12 anos que, ao invés de ir à escola, desenvolve games


sa

Sam Smith é um garoto britânico de 12 anos. Diferente da maioria de seus amigos, ele não frequenta a escola. Mas programa games. Seu principal lançamento é Spacepants, disponível para Android por aproximadamente R$ 3,70 e para iOS por US$ 1.

Segundo ele, há mais de 1 mil pessoas jogando seu game, cujo objetivo é correr pelas paredes evitando lasers, espinhos e outros obstáculos que matam seu personagem.

Há três anos, depois de os pais perceberem que ele não se adaptava a escola, optaram por lhe dar educação em casa. Segundo o VentureBeat, na Inglaterra não há um currículo muito específico para se seguir nesses casos. Então, depois de muitos testes, no último ano o pai de Sam (que também é programador) começou a lhe ensinar programar games.

Utilizando softwares como Aseprite e GameMaker: Studio, ele mesmo desenhou seus personagens e programou as mecânicas de seu game. De acordo com o VB, ele demorou dois anos para fazer tudo, contando com a ajuda de seu pai apenas em algumas poucas situações quando ficava travado.

Aqui, um aspecto interessante aos pais de outras crianças: Sam afirma que já jogava outros games (Minecraft, Kerbal Space Program, Garry’s Mod) que instigam a criatividade e o faziam se sentir um desenvolvedor.

O garoto diz que, apesar de sentir falta das pessoas da escola, está conhecendo muita gente interessante no Twitter, onde tem tido contato com outros desenvolvedores de games.

Ele diz que não gosta da forma de games “free-to-play”, que apostam em modelos freemium ou em anúncios para rentabilizar. O produto e a estratégia do pequeno desenvolvedor já o ajudaram a ganhar o suficiente para comprar games e videogames para ele e seus irmãos.

O menino já está desenvolvendo seu próximo jogo, que terá um robô como protagonista. Ele diz que quer desenvolver games pro resto de sua vida e que, apesar de tudo, não descarta a possibilidade de voltar à escola.

O post Sam Smith, o garoto de 12 anos que, ao invés de ir à escola, desenvolve games apareceu primeiro em Startupi.com.br.

bfab mcEKObw

Via RSS de startupi

Leia em startupi

Comente este artigo

Populares

Topo