X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Analytics e Big Data

Checklist para testes A/B

Checklist para testes A/B

Você está cogitando fazer testes A/B em seu site? Aqui está um pequeno guia


Você está cogitando fazer testes A/B em seu site? Aqui está um pequeno guia

Você sabe por onde começar a fazer seus testes A/B, ou está perdido?

Você sabe por onde começar a fazer seus testes A/B, ou está perdido?

A construção de uma estratégia de conversão é um processo. Você já passou algum tempo no monitoramento, análise, construindo uma hipótese e seus testes.

Momentos antes de iniciar, reserve um tempo para passar por cima da seguinte lista de verificação de testes A/B para se certificar que você tem tudo que precisa para garantir que os resultados sejam significativos e escaláveis.

Tudo que você precisa fazer antes de lançar seu próximo teste

A primeira coisa que você precisa saber é o que você quer testar. É aí que vem um planejamento.

Normalmente, você quer começar onde pode ter o maior impacto e também aprender mais.

Muitas vezes, isso está no topo do funil, onde há o maior número de usuários, mas dê uma olhada nessas ideias e veja o que funciona melhor pra você.

  • Medir o desempenho do seu website.
  • Use heatmaps para entender o comportamento do usuário.
  • Defina seu objetivo.
  • Defina as KPIs.
  • Se você tiver outros testes em curso, haverá conflitos?
  • Quanto tempo você vai demorar para ter os resultados?
  • Escolha a melhor plataforma para o seu teste.
  • Crie uma hipótese – como você pode influenciar seus clientes?

Um checklist criativo

O processo de concepção de um teste é onde você faz a diferença. Saiba o que testar, e como será a diferença entre um teste bem sucedido ou não.

Os passos que você toma para otimizar seus ativos irão determinar se os resultados do teste tem conclusões pertinentes ou não-essenciais.

Aqui está o que você precisa ter de certeza antes de completar seu teste:

#1. O call-to-action

  • Você tem um call-to-action.
  • O seu call-to-action é acima da curva.
  • O texto em seu call-to-actio não tem mais de 1 ou 2 palavras.
  • A chamada para o call-to-action se destaca na cor e no tamanho.
  • Seu call-to-action é claro – as pessoas vão saber o que fazer imediatamente.

#2. O conteúdo

  • O conteúdo se concentra no valor?
  • Seu título corresponde à sua mensagem?
  • Você está usando um tipologia legível?
  • Seu título é acionável e diz às pessoas o que fazer?
  • Sua proposta de valor está clara?
  • Você está usando prova social (testemunhal, logos de clientes, comentários)?
  • As palavras-chave são relevantes para suas necessidades de SEO?
  • Você está focado no mobile?

#3. O visual

  • Você não tem mais do que 2 cores principais na sua página.
  • O visual direciona atenção do usuário para o call-to-action.
  • O design passa confiança e confiabilidade.

#4. Formulários de inscrição

  • Requer um mínimo de campos?
  • Deixa claro porque as pessoas devem se inscrever?
  • Campos obrigatórios são fáceis de distinguir de campos não-obrigatórios.
  • Você tem uma página de confirmação.
  • Você envia um e-mail de confirmação para inscrições.

Mas lembre-se, estas são todas as orientações gerais. Só porque elas são as melhores práticas para uma empresa, não significa que vão funcionar para você. Certifique-se de testar tudo.

Os testes A/B podem ajudar a aumentar suas taxas de conversão.

Os testes A/B podem ajudar a aumentar suas taxas de conversão.

Checklist de pré-lançamento

Antes de lançar o seu teste, há alguns elementos importantes que você precisa verificar. Esta lista exibe testes que podem demorar para serem finalizados, mas uma vez que você se move, vai saber que ele foi configurado da melhor maneira.

Você precisa ter certeza de que as alterações feitas estão funcionando e são rastreáveis:

  • Seus objetivos foram criados no Google Analytics.
  • Seus objetivos foram criados no AdWords.
  • O código do Analytics foi implementado.
  • As imagens foram renderizadas corretamente.
  • Os eventos do Analytics foram definidos.
  • O AdWords está conectado ao Analytics.
  • A segmentação está correta.
  • O tempo de carregamento da página é mínimo.
  • Todos os links estão funcionando.
  • Todos os links abrem em uma nova guia.
  • Os heatmaps estão funcionando bem.
  • Você tem páginas de erro configuradas.
  • Seu título principal está em H1.

___

Este artigo foi adaptado do original, “AB Test Checklist: Everything You Need To Check Before Launching”, do Conversioner.

Comente este artigo

Populares

Topo