X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Criatividade

Revelando os 9 princípios de inovação do Google

RevelandoosprincípiosdeinovaçãodoGoogle

Quer conhecer os segredos de inovação do Google? Aqui estão as diretrizes do gigante da tecnologia

Quer conhecer os segredos de inovação do Google? Aqui estão as diretrizes do gigante da tecnologia

Os princípios de inovação do Google podem ser úteis a diversas empresas.

Os princípios de inovação do Google podem ser úteis a diversas empresas.

O que torna o Google um padrão de produtividade e criatividade? Gopi Kallayil, evangelista do Google, compartilhou suas ideias, nomeadas de 9 princípios fundamentais da inovação.

Aqui estão as 9 regras que qualquer empresa, grande ou pequena pode adotar para copiar a cultura de inovação do Google.

#1. A inovação vem de qualquer lugar

Ela pode vir de cima para baixo, ou de baixo pra cima, e nos lugares que você menos espera.

Por exemplo, um médico da equipe do Google argumentou de forma convincente que o Google tinha a obrigação moral de estender ajuda a pesquisas como “como cometer suicídio”.

Dessa maneira, a resposta do motor de busca revela na parte superior o número do telefone gratuito do National Suicide Prevention Hotline. Logo depois disso, o número de chamadas aumentou 9% e, a mesma alteração foi adotada em outros países.

#2. Foco no usuário

Preocupe-se com o dinheiro mais tarde, quando você se concentrar no usuário, todo o resto se ajeita.

O Google melhorou a velocidade de seus recursos de pesquisas com análise preditiva para que as sugestões de pesquisas surgissem após o usuário digital algumas letras.

Neste recurso o usuário economiza alguns microssegundos com cada termo de busca. Alguns representantes de vendas do Google estavam preocupados que essa implementação reduzisse o tempo de exibição dos anúncios, mas o Google seguiu em frente.

Graças a implementação do Instant Search, o Google estima que o tempo economizado é equivalente a andar pra trás 5 mil anos, após 1 ano de uso coletivo da tecnologia.

#3. Seja 10 vezes melhor

Se você entrar em um trabalho pensando que você vai melhorar as coisas 10%, você não verá nenhum resultado.

Se você quiser ver uma mudança radical e revolucionária, pense em melhoras as coisas 10 vezes. Isso vai forçar você a pensar fora da caixa.

Por exemplo, em 2004 o Google começou o Google Books com o desafio de organizar a informação de todos os livros já impressos na história.

Com isso, o Google já digitalizou 30 dos 130 milhões de livros que haviam estabelecido pela primeira vez ao fazerem a varredura e diversas bibliotecas em todo mundo estão participando do projeto.

#4. Aposte nos conhecimentos técnicos

Cada organização tem uma visão única, e se você apostar nela, ela leva a grandes inovações.

Os engenheiros do Google, e não a indústria automobilística que surgiram com a ideia de carros sem motoristas, depois de verem milhares de mortes no trânsito por imperícia humana.

Trabalhando em conjunto com a equipe de inteligência artificial da Universidade de Stanford, os engenheiros do Google têm produzido carros experimentais que já viajaram para o Lago Tahoe e voltaram sem nenhum problema.

#5. Interaja com os usuários

Lance seus produtos mais cedo e não espere pela perfeição. Permita que os usuários o ajude a formar o produto.

Quando o Chrome foi lançado em 2008, a cada 6 semanas o Google lançava uma versão melhorada do navegador. Hoje, por conta dessa abordagem, o Chrome é o navegador número 1 em muitos países.

Permita que seus usuários ajudem a construir o seu produto.

Permita que seus usuários ajudem a construir o seu produto.

#6. Dê aos funcionários 20% do tempo

Dê a seus funcionários 20% do tempo de trabalho para darem segmento aos projetos pelos quais eles são apaixonados, mesmo que seja fora da missão da empresa, ou do seu principal produto.

No Google, os gerentes e engenheiros de projetos têm a liberdade de reservar 1 dia por semana para trabalharem em suas ideias favoritas. Muitos podem acabar com produtos ou melhorias de produtos.

Um belo exemplo: um engenheiro planejando uma viagem para a Espanha descobriu que não poderia ter um close de uma determinada área pela estrada ser muito estreita para o carro do Google Street View.

Mais tarde, ele adaptou uma câmera para caber em um triciclo especialmente feito para ir a lugares estreitos para um carro padrão do Google.

#7. Tenha um padrão para criar processos

Faça seus processos abertos a todas as pessoas. Aproveite a energia coletiva da sua base de usuários para ter grandes ideias.

Quando o Google criou o Android, ele sabia que não poderia contratar os melhores programadores do planeta. Por isso, criou o Android em versão open source e encorajou os desenvolvedores fora do Google a desenvolver aplicativos.

#8. Falhe bem

Não deve haver nenhum estigma ligado ao fracasso de um produto ou serviço. Se você não falhar muitas vezes, não está se esforçando bastante.

No Google, uma vez que vez que o produto deixa de atingir o seu potencial ele é esquecido, mas não sem antes da sua equipe pegar o melhor de seus recursos.

O fracasso é uma questão de honra.

#9. Tenha uma missão importante

Este é o princípio mais importante. Todo mundo no Google tem um forte senso de missão e propósito.

O Google acredita que o trabalho que fazem tem um impacto sobre milhões de pessoas de maneira positiva.

___

Este artigo foi adaptado do original, “Google Reveals Its 9 Principles of Innovation”, da FastCompany.

Comente este artigo

Populares

CONTEÚDO EXCLUSIVO. TÁTICAS UTÉIS. EMPREENDEDORISMO COMO NENHUM OUTRO.

Para fechar esta janela, clique na área escura.

CLOSE
Topo