X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Marketing de Conteúdo

Por que os vídeos são o futuro do marketing de conteúdo?

Por que os vídeos são o futuro do marketing de conteúdo?

Os vídeos estão aos poucos ganhando espaço nas estratégias de conteúdo. Veja como lançar mão deles para melhorar seu conteúdo


Os vídeos estão aos poucos ganhando espaço nas estratégias de conteúdo. Veja como lançar mão deles para melhorar seu conteúdo

Você já parou para pensar em como os vídeos podem ampliar sua estratégia de conteúdo?

Você já parou para pensar em como os vídeos podem ampliar sua estratégia de conteúdo?

Se estivéssemos a 5 anos no futuro, você estaria lendo ou assistindo a esse artigo? Como o vídeo continua tendo a sua ascensão inimitável, essa é uma questão importante para ponderar.

Em 2017 o vídeo será responsável por 69% do tráfego na internet, de acordo com a Cisco. O tráfego dos vídeos on demand por si só quase triplicaram.

Folheando algumas estatísticas sobre o assunto, nenhuma estatística depõe contra o crescimento acelerado dos vídeos.

Com o vídeo rapidamente se tornando um dos principais meios de informação e entretenimento, as pequenas empresas que não incluem o vídeo em suas estratégias de marketing estrão se arriscando demais.

O vídeo é o futuro do marketing de conteúdo. Vários estudos já mostraram que metade das empresas já estão fazendo uso desse recurso.

A Nielsen afirma que 64% dos profissionais de marketing preveem que os vídeos irão dominar suas estratégias de marketing em futuro próximo. Não é difícil perceber por que.

Quando se trata do alcance, o vídeo é incomparável. O Youtube recebe mais de 1 bilhão de visitantes únicos mensalmente, e isso é mais do que qualquer outro canal.

Outra estatística intrigante é que o 1 em cada 3 britânicos assistem pelo menos 1 vídeo online por semana – o que representa uma audiência semanal de mais de 20 milhões de pessoas apenas no Reino Unido.

As histórias de sucesso dos vídeos que se tornaram virais são lenda. A recente campanha da Volkswagen, por exemplo, fez com que 3 vídeos da montadora fossem vistos, ao todo, em 155 milhões de vezes.

Envolva os espectadores e eles vão compartilhar o vídeo com os outros. Eles vão passar mais tempo em seu site, e mais tempo interagindo com a sua marca.

Para qualquer campanha de mídia social, qualquer estratégia de SEO, o vídeo é sem dúvida uma ótima ferramenta.

O vídeo é naturalmente envolvente, e vital para as empresas oferecerem conteúdo que seja fácil de digerir, já que estamos vivendo em uma época de sobrecarga de informação.

Se 1 imagem vale mais do que mil palavras, 1 minuto de vídeo vale 1,8 milhões de palavras. É o que dizem os pesquisadores da Forrester.

1 minuto de vídeo vale 1,8 milhões de palavras.

1 minuto de vídeo vale 1,8 milhões de palavras.

Mas, será que o vídeo realmente é acessível para as pequenas empresas? Absolutamente.

Os custos de produção caíram significativamente nos últimos anos e você não precisa ser um gênio técnico para descobrir como usá-lo.

Aplicativos como o Vine, com seus 6 segundos de vídeo aumentaram dramaticamente a oportunidades para as empresas com um orçamento limitado.

No entanto, se você quer algum retorno para o seu investimento, você precisará ter algumas coisas em mente.

Considere sempre o público que você está tentando alcançar e garanta que o vídeo é relevante para eles. Se esse não for o meio mais adequado para transmitir a sua mensagem, provavelmente você está perdendo tempo.

Não negligencie as mídias sociais, e não se esqueça de promover seus vídeos através dos múltiplos canais.

Se você quiser realizar plenamente o potencial de seu vídeo, você deve tornar mais fácil para os usuários encontrarem e compartilharem o que você está fazendo.

Finalmente, seja criativo, não apenas com os seus vídeos, mas também na hora de estudar outros vídeos que podem ser úteis para você.

A criatividade sempre vai vencer o custo de produção. Se você seguir essas lições direito, os vídeos não serão apenas o futuro do marketing de conteúdo, mas serão o seu futuro.

___

Este artigo foi adaptado do original, “Why online vídeo is the future of contente marketing”, do The Guardian.

Comente este artigo

Populares

Topo