X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Steve Jobs: Autor de Biografia Walter Isaacson no 60 Minutes [Entrevista exclusiva com Walter Isaacson]

steve jobs cover biography

O programa 60 Minutes fez uma entrevista exclusiva com Walter Isaacson, autor da biografia autorizada de Steve Jobs. Confira a entrevista e cinco das principais revelações do livro. Aqui no Jornal do Empreendedor.


steve jobs cover biography eO programa 60 Minutes fez uma entrevista exclusiva com Walter Isaacson, autor da biografia autorizada de Steve Jobs.

A entrevista de Walter Isaacson sobre a biografia de Steve Jobs possui duas partes e foi ao ar nesse domingo.

A biografia de Steve Jobs estava programado para ser lançado apenas 21 de novembro, mas a data foi antecipada logo depois da morte de Jobs em 5 de outubro.

A biografia autorizada de Steve Jobs por Walter Isaacson já está disponível para venda a partir de hoje.

Confira:

Primeira parte com Walter Isaacson:

Segunda parte com Walter Isaacson:

 

A biografia de Steve Jobs por Walter Isaacson foi baseada em mais de quarenta entrevistas com Jobs ao longo de dois anos – e entrevistas com mais de cem familiares, amigos, colegas, adversários e concorrentes -, narra a vida atribulada do empresário extremamente inventivo e de personalidade forte e polêmica, cuja paixão pela perfeição e cuja energia indomável revolucionaram seis grandes indústrias: a computação pessoal, o cinema de animação, a música, a telefonia celular, a computação em tablet e a edição digital.

Numa época em que as sociedades de todo o mundo tentam construir uma economia da era digital, Jobs se destaca como o símbolo máximo da criatividade e da imaginação aplicada à prática. Embora tenha cooperado com esta obra, Jobs não pediu nenhum tipo de controle sobre o conteúdo, nem mesmo o direito de lê-lo antes de ser publicado. Não estabeleceu nenhum limite: pelo contrário, incentivou seus conhecidos a falarem com franqueza.

“Fiz muitas coisas que não acho louváveis, como ter engravidado minha namorada aos 23 anos de idade e a maneira como encaminhei a questão”, disse ele. “Mas não tenho nenhum segredo a esconder.”

Jobs fala com franqueza, e às vezes com brutalidade, sobre os companheiros de trabalho e os concorrentes. Do mesmo modo, seus amigos, inimigos e colegas apresentam um painel com as paixões, os demônios, o perfeccionismo, os desejos, o talento artístico, as manias e a obsessão controladora que formaram sua atitude empresarial e os produtos inovadores que criou. Jobs é capaz de levar à fúria e ao desespero quem está perto dele. Mas a personalidade e os produtos, assim como um hardware e um software da Apple, estão unidos num mesmo sistema integrado.

Sua história é ao mesmo tempo uma lição e uma advertência, e ilustra a capacidade de inovação e de liderança, o caráter e os valores de um homem que ajudou a construir o futuro.

+ Alguns jornais americanos tiveram acesso a trechos do livro, que foram reunidos pelo “Washington Post”.

A seguir, cinco das principais revelações:

1. O tratamento de câncer exótico de Steve Jobs

O fundador da Apple tentou uma série de tratamentos alternativos, como dietas de sucos, veganismo e acupuntura, antes de consentir no cirurgia contra o câncer de pâncreas. Uma vez decidido pelo tratamento mais tradicional, ele se dedicou a aprender sobre os mais recentes avanços nos tratamentos. Isaacson disse, numa entrevista que irá ao ar no domingo, 23, no programa “60 Minutes” que ele se arrependeu de ter postergado a cirurgia.

2. Sua briga com os cofundadores do Google

Jobs brigava com os cofundadores do Google, Larry Page e Sergey Brin, sobre o sistema para smartphones Android. “Vou destruir o Android. Queria fazer uma guerra termonuclear sobre isso”, Jobs disse a Isaacson.

3. Sua relação vingativa com Bill Gates

Enquanto Bill Gates, o fundador da Microsoft, admirava o instinto de Jobs, o criador da Apple disse a Isaacson que Gates “nunca tinha inventado nada e era esse o motivo de ele estar mais confortável com a filantropia do que com a tecnologia. Ele vergonhosamente roubou ideias de outras pessoas.” Segundo o New York Times, no entanto, Gates foi uma das pessoas que encontrou Jobs antes de sua morte e eles passaram mais de três horas juntos, trocando reminiscências sobre o passado.

4. Sua conversa particular com o presidente Obama

Segundo o site Huffington Post, Jobs disse ao presidente Obama que ele tinha sido eleito para um mandato e o criticou o presidente por não criar um ambiente favorável aos negócios. Jobs também teria proposto a Obama que as escolas ficassem abertas até às 18 horas diariamente, 11 meses por ano.

5. O amor de sua vida

Jobs propôs casamento a sua mulher, Laurene Powell, em 1o. de janeiro de 1990, mas não voltou a falar no assunto novamente “por meses”, segundo a revista Times. Laurene teria então ido embora da casa que dividiam. Um mês depois, Jobs deu a ela um anel de noivado de diamantes e eles se casaram.

 

Via mashable/washingtonpost

Mais informações:

http://mashable.com/2011/10/23/steve-jobs-walter-isaacson-60-minutes-video/

http://www.washingtonpost.com/business/technology/top-five-revelations-from-steve-jobss-bio/2011/10/21/gIQA6lAg3L_story.html

Comente este artigo

Populares

Topo