X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Eletricista busca crescimento com o apoio do Sebrae


Palmas – Gilmar João de Carvalho é eletricista há mais de 38 anos. Ele conta que, depois que foi atendido pelo Sebrae, sua vida mudou. “Eu costumo dizer que foi Deus que me colocou na porta da instituição. Eu entrei e perguntei de que forma eles poderiam me ajudar. Depois que recebi a orientação, decidir sair da informalidade. Percebi que poderia crescer e ainda receber os benefícios da previdência”, relata.

Após ter feito o registro, Gilmar não saiu mais do Sebrae. Durante três anos, fez cursos de capacitação e agora quer ir mais além. Hoje, o microempreendedor individual (MEI) busca parcerias para ampliar a prestação dos seus serviços. “Atualmente, faço apenas atendimento a domicílio, mas quero também fazer parcerias com grandes empresas e com o setor público. Então, não pensei duas vezes, vim buscar orientação no Sebrae”, afirma.

Para a analista do Sebrae em Tocantins, Adelice Novak, ver os bons resultados e a satisfação das pessoas que buscam a instituição é gratificante. “O caso do Seu Gilmar reforça ainda mais a importância de se formalizar, pois agora ele tem um Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), poderá receber benefícios como o da previdência, emissão de nota fiscal e as linhas de créditos com taxas diferenciadas”, destaca.

A capacitação também é um dos motivos para Gilmar estar sempre junto ao Sebrae. No próximo mês, ele participará gratuitamente de cursos específicos para o microeempreendedor individual – Oficinas SEI Planejar e SEI Controlar o meu dinheiro. “Os cursos ajudam muito o empreendedor no mercado de trabalho. A gente sempre acha que sabe, mas quando fazemos as capacitações, aprendemos muita coisa importante”.

Gilmar reforça ainda a importância de se fazer a Declaração Anual Simplificada do Microempreendedor Individual (DASMEI), documento que representa todo o faturamento do empresário no ano anterior. “Todos os anos faço questão de entregar a declaração. É fácil e rápido, além de ser sempre bom estar com os documentos em dia”.

O Sebrae orienta que todos os MEI enviem, até 31 de maio, a Declaração Anual Simplificada do Microempreendedor Individual (DASMEI). Os empresários que não cumprirem com essas exigências serão multados no valor de R$ 50, mais 0,33% de juros por dia, além de não conseguirem emitir o documento de arrecadação mensal do ano de 2013. Ao procurar uma agência de atendimento do Sebrae, o Microempreendedor Individual deve levar anotado o faturamento da empresa em 2012 e o número do CNPJ. Para àqueles que possuem um empregado registrado é necessário levar a carteira de trabalho. O atendimento é feito das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira.

Serviço:
Agência Sebrae de Notícias do Tocantins – ASN/TO
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.to.agenciasebrae.com.br
www.to.sebrae.com.br
www.sebraenews.com.br

 

Via RSS de RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Leia em RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo