X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Encontro debate oportunidades para artesanato brasileiro


 Brasília – O artesanato brasileiro precisa se preparar para aproveitar as oportunidades que serão geradas por grandes eventos internacionais, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. O alerta foi feito pelo diretor-técnico do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos, nesta terça-feira (3), no Encontro Nacional da Carteira do Artesanato, em Brasília. O evento integra a programação do Encontro Nacional de Inclusão Produtiva, promovido pela instituição.

“Estamos diante de uma oportunidade única de colocar, definitivamente, o artesanato brasileiro em destaque no mercado”, disse Carlos Alberto. Segundo o diretor-técnico, para vencer o desafio da comercialização também é preciso melhorar vários pontos, como p processo produtivo, design e inovação. Atualmente, a Carteira de Artesanato do Sebrae conta com 63 projetos, mais de 4,1 mil micro e pequenas empresas (MPE) e 9,7 mil artesãos.

No encontro desta terça-feira, o gerente de Atendimento Coletivo na área de Comércio do Sebrae, Juarez de Paula, apresentou estratégias que estão sendo desenvolvidas “para reposicionar o artesanato no mercado e ampliar a comercialização desses produtos”. Entre elas, ele citou a realização do projeto ExpoArt, que promove showrooms de artesanato nas cidades que vão sediar os mundiais. Segundo ele, também será dada mais visibilidade aos vencedores do Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato, que reconhece e valoriza as unidades produtivas mais competitivas no país.

Juarez de Paula anunciou, para o início de 2014, a conclusão do processo de instalação do Centro de Referência do Artesanato Brasileiro (Crab). Parte desse centro já funciona no Rio de Janeiro. A estrutura terá espaços destinados a diversas atividades, como exposição de artesanato, comercialização de peças artesanais e capacitação de empreendedores. Também abrigará um centro de lazer, incentivando a disseminação de informações sobre o setor.

Ainda segundo o gerente do Sebrae, até outubro deste ano será realizada uma pesquisa para diagnosticar o tamanho do mercado de artesanato no Brasil. “Não existe no país uma pesquisa atualizada sobre o setor e conhecê-lo melhor permitirá ajustes e reforços nas ações do Sebrae”, explicou. Para 2012, segundo Juarez de Paula, também está previsto o projeto Inovart, que tem como objetivo incentivar o design e a inovação no artesanato. “O Brasil estará no centro das atenções internacionais por um longo período. É o momento ideal para fazer grandes investimentos na promoção comercial do artesanato”, lembrou o gerente do Sebrae.

Serviço:
Agência Sebrae de Notícias: (61) 3243-7852/ 2107- 9104/ 3243-7851/ 9977-9529
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebrae
www.facebook.com/sebrae

Via RSS de RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Leia em RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo