X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Liderança

Você tem a síndrome do mau líder?

Mau Líder

Veja algumas práticas dos maus líderes e certifique-se que você as mantenha longe do seu comportamento


Veja algumas práticas dos maus líderes e certifique-se que você as mantenha longe do seu comportamento

Seus funcionários param de falar e olham desconfortável para você quando você entra na sala de café? Será que todo mundo sai pro happy our depois do trabalho sem chamar você? O seu chefe está em cima de você com mais frequência do que o habitual? Seus projetos parecem estar presos na areia movediça?

Se você respondeu sim para qualquer uma dessas perguntas, você pode ter a síndrome do mau chefe.

Mas não se assuste, a doença tem cura. Vamos dar uma olhada em alguma das características de um bom chefe e veja como você pode ser capaz de reverter essa tendência apenas em alguns passos.

#1. Um bom chefe elogia em público

Um bom trabalho merece ser reconhecido. Funcionários irão disputar na unha para ter um chefe que lhes parabeniza nas reuniões de equipe.

Os funcionários rastejarão por vidros quebrados por um chefe que diz como eles são grandes.

Elogie as pessoas em público.

Elogie as pessoas em público.

#2. Um bom chefe faz críticas reservadamente

Nunca fale mal do trabalho ou de uma tarefa de um funcionário em meio ao grupo.

Agende uma conversa 1-a-1 e compartilhe a responsabilidade pelos problemas do funcionário. “Como poderíamos ter feito melhor”, é uma excelente maneira de começar a conversa.

#3. Um bom chefe age como um ponto

Muitos chefes não conseguem sair de cima de seus egos. Eles ostentam seu poder, agem como se estivessem acima de tudo e mantêm-se emocionalmente distantes de todo o resto da equipe.

Esse tipo de comportamento diminui você como um líder. Isso faz você parecer pequeno e o impede de se conectar com as pessoas. Adote uma mentalidade “estamos juntos nessa”.

#4. Um bom chefe faz o que é preciso

Seus subordinados precisam saber o que você tem a sua volta, não importa o que. Se um cliente ameaça deixar a empresa, você está lá para ajudar a salvar o dia.

Se o projeto de alto perfil da equipe está prestes a implodir, você irá ajuda-los a chegar em um plano e salvá-los.

Se o seu departamento de repente disser que precisa  cortar 20% do orçamento, você também recebe cortes  juntamente com todos os outros.

#5. Um bom chefe compartilha a sua história

Seus funcionários precisam e querem aprender com você. Você é parte treinador, parte mentor, mas todos são seres humanos.

Eles precisam ouvir sobre as suas falhas, bem como seus sucessos e o que você aprendeu com ambos.

Um bom líder sabe compartilhar suas histórias para inspirar pessoas.

Um bom líder sabe compartilhar suas histórias para inspirar pessoas.

#6. Um bom chefe delega responsabilidade

Muito se fala sobre a arte da delegação eficaz. Muitas vezes isso significa apenas empurrar algumas das tarefas que você está muito ocupado para descer um pouco de seu pedestal e fazer.

Em vez disso, dê aos funcionários responsabilidade por projetos importantes e responsabilize-os pelos resultados.

#7. Um bom chefe permite que as estrelas brilhem

A maneira mais rápida de subir uma escada é ter certeza que você está desenvolvendo as pessoas que estão vindo atrás de você;

Incentivar as pessoas a desenvolver seus pontos fortes, seja através de treinamento ou experiência, ou ambos.

Mostre-lhes o caminho à frente. Dê-lhes a entrada ao estilo big Picture para que enxerguem a empresa como um todo, não apenas uma determinada área.

#8. Um bom chefe é um líder de torcida

Steve Jobs disse para a primeira equipe de projeto do Macintosh que eles estavam ali para fazer a diferença no mundo. E de fato eles fizeram.

Os jogadores de sua equipe precisam sentir que estão em uma missão e que você vai defender a sua causa.

___

Este artigo foi adaptado do original, “Do you have BBS (Bad Boss Syndrome)?, do SmartBlogs.

Comente este artigo

Populares

Topo