X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Microempresária melhora negócio com consultoria do Sebrae


Brasília – Maristela Araújo de Paula sempre se considerou uma mulher determinada nos negócios. Em 1981, fechou uma sorveteria que estava dando certo para abrir uma loja de artigos de R$1,99 e ter mais tempo para cuidar do filho recém-nascido. Um ano depois, migrou para o ramo de roupas infantis e femininas e calçados, onde se sentia segura e recompensada com as novas apostas. Para ela tudo estava perfeito, até que em 2007 um consultor do Sebrae no Paraná bateu à sua porta, em Foz do Iguaçu.

A visita, como ela mesma faz questão de afirmar, foi um divisor de águas em seu empreendimento. Ao participar do curso Varejo Muito Mais do Sebrae, Maristela descobriu que, na verdade, estava deixando de ampliar seu lucro por não saber dar foco ao negócio.

“O Sebrae foi a minha tábua da salvação. Aprendi a fazer compras, arrumar a vitrine, escolher os produtos e direcionar meu negócio para um tipo de clientela”, conta. “Ali foi o marco zero pra mim. Fiquei mais fortalecida”, comemora.

Moda infantil e calçados ficaram para trás. A primeira, porque enfrentava uma forte concorrência do Paraguai, e os sapatos porque a loja não conseguia dar vazão a determinadas numerações que era obrigada a comprar dos revendedores. Maristela optou então por trabalhar com moda adulta, masculina e feminina. O nome do empreendimento – Mel e Limão – foi mantido.

Especialização

A empresária também descobriu no Sebrae que era preciso mudar de ponto e comprar peças de qualidade e com valores intermediários – uma estratégia  para atrair um segmento específico de público. “Sem direção,antes eu queria trabalhar com tudo que o mercado tinha a oferecer”, admite.

A loja se especializou em tamanhos grandes, de 44 a 56, apesar de manter peças dos tamanhos pequeno, médio e grande em estoque. “A clientela mudou um poucomas logo consegui cativar novos clientes em substituição aos que perdi”, informa.

Como novo ponto, uma apresentação dos produtos mais elaborada e direcionamento do consumidor, a rentabilidade mensal da loja de Maristela Araújo subiu em 20%. Nas próximas semanas ela se prepara para fazer um novo curso no Sebrae. “Tenho clareza de que meu lucro cresceu. Na ponta do lápis os números são melhores e tenho precisado recorrer menos aos empréstimos bancários”.

40 anos

A trajetória desta e de outros milhões de empreendedores faz parte da história do Sebrae, instituição criada em 1972 para fomentar e desenvolver os pequenos negócios no Brasil. “Estamos completando 40 anos de atividades com resultados muito positivos na melhoria da gestão empresarial e da competitividade dos empreendedores individuais, micro e pequenas empresas”, ressalta o presidente do Sebrae, Luiz Barretto. “Individualmente, uma empresa não faz diferença, mas no conjunto, os empreendimentos desse porte são 99% das empresas e fortalecem a economia do País”, completa. Saiba mais sobre os 40 anos do Sebrae na Internet: www.onegocioeacreditar.com.br.

Serviço:
Agência Sebrae de Notícias
(61) 3243-7851 / 3243-7852 / 2104-2771 / 2104-2775 / 9977-9529
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebrae
www.facebook.com/sebrae

Via RSS de RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Leia em RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo