X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Palestra incentiva formalização mais consciente


Maceió – A partir de agora, os empresários alagoanos que desejam legalizar seu negócio no Sebrae em Alagoas devem assistir, primeiramente, a uma palestra sobre o processo de formalização e as vantagens de ser um Microempreendedor Individual (MEI). O objetivo é preparar esse público para o mercado de trabalho e direcioná-lo a tirar o melhor proveito dessa categoria jurídica.

Decidido a deixar o seu ofício em uma empresa particular, há quase 20 anos, Gilvan da Silva resolveu abrir seu próprio negócio. Para ele, ser autônomo é mais vantajoso e a oportunidade de crescer e evoluir com seu trabalho na área de eletricidade e encanação é maior. “O atendimento feito pelo Sebrae foi muito proveitoso, eu assisti ao vídeo e ouvi o consultor, aprendi muita coisa e ainda pude tirar minhas dúvidas. Se eu não viesse à instituição, não saberia de todos esses benefícios da formalização”, revela Gilvan, agora microempreendedor individual.

“Essa sensibilização serve para traçarmos, junto com o empreendedor, o seu caminho dentro do Sebrae, pois fazemos uma orientação passo a passo, bem de perto, e explicamos todos os direitos e garantias que eles terão ao serem formalizados”, explica Carlos Pincho, consultor da instituição em Alagoas. Ele ainda recomenda que os empresários procurem pelos cursos e oficinas gratuitas oferecidos pela instituição.

Elisângela Silva, graduada no curso de Enfermagem, escolheu o mundo dos negócios quando percebeu que a área da saúde não oferecia tantas oportunidades de emprego. Seu primeiro contato com o Sebrae foi na Feira do Empreendedor de 2011, onde ela participou de uma palestra.

A partir de então, Elisângela quis visitar o Sebrae e saber a melhor forma para abrir o seu próprio empreendimento. Durante meses, ficou somente planejando, mas ao ficar desempregada, resolveu propor para si mesma uma mudança. Em outubro do ano passado, ela iniciou seus trabalhos com bijuterias. O começo foi difícil. “Comecei a vender para algumas colegas da faculdade e percebi que aquilo não estava rendendo bem, pensei logo em buscar ajuda no Sebrae”, confessa. Para a artesã de bijuterias, a formalização significou a abertura de um novo caminho na sua trajetória de vida, como empresária autônoma. 

“Eu queria apenas me formalizar e acabei participando da palestra e descobrindo várias vantagens, como a possibilidade de trabalhar com uma maquineta de cartão. Isso com certeza vai aumentar as minhas vendas. Posso dizer que minha vinda ao Sebrae foi muito proveitosa e saio com muitos planos para o meu negócio”, complementa Elisângela. 

Serviço:
Sebrae em Alagoas (82) 4009-1660
www.al.agenciasebrae.com.br
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800

 

Via RSS de RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Leia em RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo