X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Pensando as cidades: Os desafios da urbanização em uma sociedade conectada [Vídeo]

Pensando as cidades em uma sociedade conectada

Assista ao novo vídeo da Ericsson: Pensando as cidades aqui no Jornal do Empreendedor.


“O maior impacto que os humanos fizeram no planeta aconteceu nos últimos 200 anos começando com  a revolução industrial. Desde de então, nós estamos urbanizando a um velocidade exponencial.”, Geoffrey West, físico e professor no Santa Fe Institute.

Assista ao “para lançar” vídeo sobre as cidades em um mundo conectado.

O último vídeo da Ericsson fala de uma das grandes tendências hoje: Urbanização.

A Terra é a casa de 7 bilhões de pessoas, um número que se espera chegar a 9 bilhões em 2050, com 70% vivendo nas cidades. Concomitantemente, a tecnologia está ampliando sua abrangência, com essas tendências paralelas se cruzando quando o mundo está enfrentando desafios econômicos, ambientais e sociais. Nós precisamos de um desenvolvimento mais sustentável.

Pensando as cidades explora os desafios e oportunidades da urbanização em uma sociedade conectada. Alguns dos maiores pensadores de cidades são entrevistados para o filme incluindo Geoffrey West, físico do Instituto Santa Fe, Mathieu Lefreve do New Cities Foundation e Carlo Ratti, diretor do MIT Senseable City Lab.

“Pela primeira vez na história, 52% da população do mundo vive nas cidades”, explica Lefreve. “Há 200.000 novos moradores urbanos a cada dia. A tendência está acelerando particularmente na Asia, África e America Latina. Em 2050, 6 bilhões de pessoas estarão vivendo nas cidades”.

Você já deve ter ouvido falar sobre a “internet das coisas”, um conceito que descreve a tendência para prédios, veículos, roupa, ambientes e outros objetos (ou coisas) a terem mais informação associadas a ela e serem capazes de sentirem, comunicares, se conectarem e produzirem nova informação. Esta é apenas um área coberta no “Pensando Cidades” que possui os seguintes temas: A ciência das cidades, a cidade que fala, Seguindo Lixo, a cidade social e a cidade inteligente.

“Hoje, pela primeira vez, nossas cidades estão se tornando como sistemas de controle real-time”, diz Ratti. “A tecnologia está se tornando natural, atomizada, distribuida e está mudando radicalmente a forma como encaramos a cidade. Isso significa que a cidade ou os prédiso e objetos estão começando a responder para nós. E falar de volta para nós.”

Este documentário de 18 minutos segue o recém-publicado “A beira de uma sociedade conectada” que foi lançado em Novembro de 2011, e mostra o passado, presente e futuro da conectividade.

Comente este artigo

Populares

Topo