X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Sebrae e CACB lançam curso sobre mediação e arbitragem


 Brasília – O Sebrae e a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) lançaram, nesta quinta-feira (29), o CBMAE Educ. Trata-se de um programa de cursos de educação à distância, via Internet, com objetivo de disseminar a utilização da conciliação, mediação e arbitragem.

Na segunda quinzena de outubro será lançado um curso sobre negociação e mediação empresarial e, em novembro, um específico sobre conciliação. Entre os cursos realizados há anos está o de formação de conciliador, mediador e árbitro;  e o introdutório sobre conciliação, mediação e arbitragem.

Essa plataforma educacional integra uma série de ações desenvolvidas pelo convênio entre o Sebrae e a CACB. A parceria visa divulgar o uso da conciliação, mediação e arbitragem por meio dos Métodos Extra Judiciais de Solução de Controvérsia (MESCs) – trabalho desenvolvido pela Câmara Brasileira de Mediação e Arbitragem (CBMAE). O objetivo é ampliar o acesso à justiça principalmente para as micro e pequenas empresas.

“Nossa intenção é desenvolver, junto aos empresários, um trabalho de qualidade na prática da conciliação, mediação e arbitragem”, disse o presidente do Conselho Deliberativo Nacional do Sebrae, Roberto Simões, no lançamento do CBMAE Educa. Ele ressaltou a importância da medida para agilizar a solução de conflitos, especialmente para os micro e pequenos negócios.

“Pesquisas recentes apontam que a falta de acesso à justiça é um fator que resulta na mortalidade de empresas”, comentou, destacando ser fundamental que empresários encontrem respostas rápidas e eficientes para resolver seus problemas. Roberto Simões explicou que a meta dos cursos do CBMAE Educ é a “mudança de cultura em relação aos conflitos e na própria forma de enfrentá-los”.

“A capacitação é importante porque quando as pessoas conhecem as possibilidades de solução de conflitos fora do âmbito do Poder Judiciário, percebem que podem tomar outros caminhos”, ressaltou o diretor financeiro da CACB, George Teixeira Pinheiro. O coordenador nacional do CBMAE, Valério Souza de Figueiredo, relacionou entre as vantagens dos cursos o aprendizado sobre como lidar com conflitos e evitar desperdícios financeiros.

Vantagem

O juiz auxiliar da presidência do Tribunal de Justiça de Goiás explicou as diferenças entre o processo arbitral e o sistema judiciário. “O Poder Judiciário não pode deixar de ter cuidados nas suas áreas de atuação, mas o que pode ser levado para a arbitragem, sem qualquer dúvida, é mais interessante, eficiente e rápido do que no sistema estatal”, afirmou.

Durante o lançamento do CBMAE Educ, a CACB assinou convênio com duas instituições de ensino e duas entidades empresariais. Elas terão direito a descontos nos cursos oferecidos pelo CBMAE Educ.

Via RSS de RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Leia em RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo