X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Série vencedora mostra desenvolvimento do artesanato gaúcho


Brasília – Quanto tempo é preciso para se construir um legado? Com essa pergunta os repórteres Jarbas Tomachewski e Michele Ferreira abriram a série de quatro reportagens publicadas pelo jornal Diário Popular, de Pelotas (RS), em dezembro do ano passado. E ao procurar as respostas, os jornalistas não só descobriram histórias de sucesso de artesãos da metade sul do Rio Grande do Sul, como também conquistaram o primeiro lugar da etapa nacional do Prêmio Sebrae de Jornalismo, na categoria Impresso.  

O esforço dos repórteres resultou na série que conta como ocorreu a revolução econômica provocada pelo projeto Artesanato do Mar de Dentro na vida de 200 artesãos de 25 municípios da região, que até 2006 produziam as peças apenas por hobby. Segundo a reportagem, cinco anos após o grupo aceitar o desafio lançado pelo Sebrae para a profissionalização da atividade, a semente plantada germinou forte e os resultados mostram-se agora extremamente positivos.

O Legado do Mar de Dentro conta o trabalho de pessoas que se dedicam a produzir artesanato na região mais meridional do Brasil. As peças são feitas a partir da inspiração que vem das lagoas e das coxilhas do pampa e contemplam três coleções: Bichos do Mar de Dentro, artesanato feito com material típico na região e que reproduz a imagem da fauna local; Redeiras, trabalho feito por mulheres dedicadas a transformar redes de pesca fora de uso em peças úteis, como bolsas; e Ladrilã, artesanato produzido a partir da lã retirada dos rebanhos de ovelhas que pastam nos campos do sul.   

Já na primeira reportagem da série, veiculada sob o título Identidade Própria com Cultura da Preservação, os jornalistas destacam o trabalho persistente e o papel relevante desempenhado pelos colaboradores do Sebrae na identificação dos atores produtivos. “Em vários momentos a equipe do Sebrae  precisou bater à porta dos moradores para convencê-los a participar dos encontros e a desenvolver a cultura de cooperação”, destaca o texto.

Os jornalistas explicam que, após cinco anos e dezenas de oficinas, cursos de formação e treinamentos realizados, o projeto chegou ao fim com a virada do ano. E o que ficou de concreto? Segundo a própria reportagem, o legado que faz a diferença na vida dos envolvidos. Por isso o título da série: O Legado do Mar de Dentro.

O jornal Diário Popular apresentou personagens que mergulharam na experiência da arte popular como negócio e revelou os efeitos positivos dessa aventura na vida de cada um.  Foi o caso de um grupo de mulheres de Pedras Altas (RS), que produzem arte a partir da lã do pampa, um ofício conhecido como Ladrilã e que vem ganhando mercado a cada dia. “É impossível falar dessa vitória sem citar a grande conquista do ano: as Anêmonas de Luz, capas confeccionadas para envolver lâmpadas frias compactas que ganharam o primeiro lugar no Prêmio Museu da Casa Brasileira 2011 – na categoria protótipo têxtil”, escreveram os jornalistas.

Serviço:
Agência Sebrae de Notícias: (61) 3243-7852/ 2107- 9104/ 3243-7851
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebrae
www.facebook.com/sebrae

Via RSS de RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Leia em RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Comente este artigo

Populares

Topo