X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Tecnologia: iniciar na profissão exige planejamento


Como nos negócios, ingressar em uma nova profissão exige planejamento. Como tudo na vida, nada se consegue sem que se tenha foco nos objetivos.

Nestes 25 anos atuando na formação e certificação de profissionais nas áreas de tecnologias, sempre somos surpreendidos com boas histórias de pessoas que conseguiram sucesso na careira depois de muito esforço. Acreditamos que o sucesso nestes casos só foi possível com muito esforço mesmo.

Também temos visto na mídia muitas notícias sobre a falta de profissionais no Brasil para vários setores da economia, inclusive de TI. Profissionais jovens que estão no início de carreira nos questionam sobre o melhor caminho a seguir, para conseguir um bom emprego, melhorar sua posição na empresa onde trabalha. Isso é bom, porque sinaliza que os iniciantes não desejam seguir o caminho errado.

É comum muitos jovens buscarem aprender webdesign motivados pelas oportunidades que a Internet tem oferecido nos últimos anos. Na área de marketing, trabalhar com redes sociais virou uma febre. Agora, que os aparelhos móveis, os tablets, estão em quase todos os lares e empresas, as oportunidades para o desenvolvimento de aplicações para estes aparelhos vêm ganhando grande destaque na mídia e despertando o interesse das novas gerações, que já nasceram conectadamente digitais.

Como as empresas necessitam conquistar e manter seus mercados através das novas mídias, as oportunidades de empregos diretos e indiretos também surgem. Mas, elas necessitam de profissionais que saibam realmente como planejar e executar os projetos de comunicação com os públicos destas diversas novas mídias.

Quem pretende oferecer seus serviços – seja como terceirizado, free lancer ou empregado – deve saber como entregar um projeto muito bem elaborado. Ao escolher uma profissão, o planejamento também deve ser considerado. Não dá para escolher uma profissão da moda e ir para o banco da escola. Tudo deve ser bem pensado, planejado.

Além do planejamento, o interessado deve começar certo e se dedicar muito. Ler muito, estudar muito. Muito mesmo. E deve saber que as novas tecnologias são dinâmicas e mal você a aprende e ela já pode ficar obsoleta. E o que fazer com o tempo e o dinheiro investidos em um projeto que não deu certo? As novas tecnologias demandam muitas horas de estudo e atualizações constantes. Não dá para errar. O mercado não permite. As tecnologias vão se sobrepondo e é necessário acompanhar este ritmo.

O bom profissional de hoje e de amanhã, certamente terá que aprender muita coisa nova, dada a velocidade de mudança das tecnologias. E isso é muito bom! Pois, quem chega primeiro “bebe água limpa”.

As empresas também não podem errar na contratação do profissional. Muitas delas selecionam profissionais e depois trata de oferecer a capacitação complementar necessária para garantir a qualidade de suas equipes. Por que isto acontece? Porque muitas destas empresas têm tocado seu processo seletivo internamente e depois percebem que os contratados não atendem de fato às reais necessidades, as quais, na verdade, vêm de seus clientes.

Notamos que as deficiências encontradas nos profissionais depois de contratados estão na superficialidade da formação técnica, lá no início. Não basta ter toda a técnica se o profissional não acompanha o que acontece no mundo de seu mercado. O mesmo ocorre nas empresas.

Afinal, as empresas são formadas por pessoas.

 

Por Álvaro Venegas, diretor da ENG DTP & Multimídia

Gostou? Assine o Jornal do Empreendedor e receba novidades direto no seu email:

Todos os dias, você recebe no seu email um apanhado geral das notícias do Jornal do Empreendedor. Fique sempre atualizado com o que há de mais recente no mundo do Empreendedorismo no Mundo. Assine grátis agora.

Comente este artigo

Populares

Topo