X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Designer transforma fitas do Bonfim em roupas e decoração


 Salvador – Papel em uma mão, lápis na outra e máquina de costura ao lado. Cheia de criatividade, Nea Santtana, de 27 anos, já dominava a arte da costura desde pequena. O ofício aprendeu com a mãe, dona Maria do São Pedro, professora de corte e costura, que despertou nela a paixão por moda e estilo. Acostumada a acompanhá-la em diversos festejos religiosos, a hoje estilista confere a técnica desenvolvida, de criar tecido a partir das fitas do Senhor do Bonfim, às referências estéticas e étnicas.

Aos 13 anos, a designer foi convidada a assumir o ateliê de dona Maria, no Centro Histórico de Salvador. Responsável por realizar várias pesquisas e desenhar todas as peças, em 2007 resolveu aprofundar ainda mais seus conhecimentos em um curso do Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio (Senac). Criou uma coleção que simboliza a tradição e o misticismo baiano. A fita do Senhor do Bonfim passou a ser o elemento principal para a criação de mais de 50 produtos, como bolsas, sandálias, sapatilhas, eco bags, puffs e forro para almofadas.

Já consolidada no mercado, Nea Santtana percebeu a necessidade de ampliar seu negócio e buscou a formalização junto ao Sebrae na Bahia. “As pessoas não davam muito crédito por não termos Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e perdi muitos trabalhos por conta desta situação. Depois de me tornar microempreendedora individual (MEI), enxerguei inúmeras possibilidades de crescer e conquistar novos mercados aqui e no exterior, participando de feiras e rodadas de negócios. Antes, não pensava de maneira estratégica, não estabelecia metas e nem desafios”, revela.

Também microempreendedor individual, o designer gráfico João Torquato, de 31 anos, marido de Nea Santtana, tem contribuição efetiva para o sucesso do negócio. A partir da expertise em comunicação, João cuida da elaboração das peças gráficas, manutenção do blog, vídeos para as redes sociais e peças de promoção para divulgação. “Se não fosse o Sebrae, não teria condições também de assumir a parte de gestão empresarial. A partir desse contato, percebemos a necessidade de termos uma ficha técnica descrevendo cada produto, seus insumos e o custo de cada item”, explica João Torquato.

A ideia do casal é aproveitar as potencialidades do trabalho – que consiste na criação de roupas, acessórios e artigos de decoração utilizando a fitinha do Senhor do Bonfim –  para apresentar uma linha de produtos direcionada à Copa do Mundo da FIFA 2014. “Se com uma fita você pode fazer três pedidos, imagine o que você pode conquistar e fazer com várias fitas. É se vestir de sorte e realizar vários sonhos”.

A possibilidade de combinar cores, a originalidade e a característica elegante dos produtos fizeram com que a jovem estilista participasse de mais de 15 desfiles. No carnaval de 2008, o Rei Momo magro Clarindo Silva vestiu um terno seu todo confeccionado em fitas do Senhor do Bonfim.

Salário mínimo

A partir de janeiro, passou a vigorar o novo salário mínimo de R$ 678. Portanto, a contribuição do Microempreendedor Individual para o INSS passa a ser de R$ 33,90 por mês. O primeiro boleto de 2013, referente a janeiro, já será emitido com esse novo valor e o vencimento é no dia 20 de fevereiro.

Para ser um MEI basta procurar orientação em um dos pontos de atendimento do Sebrae ou acessar o site do Portal do Empreendedor.

Serviço:
Agência Sebrae de Notícias Bahia
(71) 3320-4557 /4558 / 9222-1612 /9174-9142
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.ba.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebraebahia
www.facebook.com/sebraebahia

Via RSS de RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Leia em RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo