X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Empresas terão mais oportunidades com alteração no Simples


Brasília – Dono de um pequeno mercadinho em Ceilândia Sul, no Distrito Federal, o empresário Martinho José Pimenta comemora a ampliação de R$ 2,4 milhões para R$ 3,6 milhões no teto da receita bruta anual do Simples Nacional. “Significa a sobrevivência do negócio”, garante.

Martinho explica que o faturamento da sua pequena empresa está próximo do limite hoje permitido, não por conta do aumento real de receita, mas pelo avanço nos custos dos produtos.

“Há muito tempo o Simples não é ajustado, mas cresce o preço das mercadorias. Ainda que eu compre produtos na mesma quantidade, pago e vendo por um preço maior”, exemplifica.

O empresário conta que a empresa está inserida nesse sistema especial de tributação desde o início de suas atividades. O mercadinho cresceu, mas, há algum tempo, não investe em expansão. “Ficava preocupado, sem saber o que fazer. Na minha área de atuação, o pequeno não consegue competir com o grande se estiver fora do Simples. Com o ajuste, trabalharei mais tranqüilo”, afirma Martinho, que agora pensa em aumentar o negócio.

Serviço
Agência Sebrae de Notícias: (61) 3243-7852/ 2107- 9104/ 3243-7851/ 9977-9529
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebrae
www.facebook.com/sebrae

Via RSS de RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Leia em RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo