X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Liderança

Como se tornar um líder autoconsciente

Consciência

Entenda como um líder pode encontrar com o seu autoconhecimento para que sua liderança possa ser exercida plenamente.


Entenda como um líder pode encontrar com o seu autoconhecimento para que sua liderança possa ser exercida plenamente

O estilo de vida consciente é sobre nos tornarmos pessoas mais conscientes. Ao estreitarmos o nosso foco para o desafio de sermos um líder a consciência se torna mais específica e indispensável.

Todos nós podemos nos beneficiar por sermos mais conscientes e, além disso, um líder tem de estar ciente sobre as outras pessoas e, muitas vezes voltado para essas pessoas.

Isso significa, muitas vezes, antecipar-se ao que o grupo está sentindo. O ego bloqueia esse tipo de consciência e o mesmo fazem a ambição, o egoísmo e a competitividade se você os deixar no meio do caminho à consciência.

Os melhores competidores sabem o que os rivais estão pensando e usam esse conhecimento para ganhar vantagem.

Para começar, o início de tudo é usar a consciência para fazer uma auto avaliação realista. Para se tornar um líder consciente, você precisa se perguntar sobre algumas questões fundamentais: quem sou eu? O que eu quero? O que acontece com a minha realidade como líder hoje?

Um líder deve fazer essas perguntas a si mesmo e inspirar a sua equipe a fazer o mesmo. Muitos candidatos a líderes são desconfiados sobre a psicologia, mas é justamente aí que está a consciência.

Deepak Chopra: "Os melhores competidores sabem o que os rivais estão pensando e usam esse conhecimento para ganhar vantagem".

Deepak Chopra: “Os melhores competidores sabem o que os rivais estão pensando e usam esse conhecimento para ganhar vantagem”.

No recente programa biográfico da PBS sobre Henry Ford foi possível conhecer melhor toda a sua vida, que desde a sua infância foi sempre baseada em uma sólida auto avaliação.

Ford sabia que era especial e tinha algo importante para contribuir com o mundo. O que ele sabia era que ele queria levar o progresso para as máquinas e, aos 20 anos ele voltou-se para o automóvel.

Ele sabia que queria mudar a vida das pessoas comuns, dando-lhes transporte de massa barato e esse desejo de melhor as coisas para as pessoas mais tarde foram passados a seus próprios funcionários, que receberam os maiores salários da indústria (o famoso valor de 5 dólares por dia que a Ford propôs em 1914), junto com aulas de inglês obrigatórias para uma força de trabalho que tinha em sua grande parte imigrantes.

Eventualmente a visão de Ford se expandiu pelo mundo todo, chegando até aqui no Brasil, mostrando que o ideal de seu trabalho poderia se tornar um modelo mundial.

Nenhum de nós está tentando se tornar Henry Ford, mas o seu exemplo aponta os ingredientes críticos da consciência:

  • Conheça a si mesmo e continue expandindo sua autoimagem conforme a sua carreira se desenrola.
  • Conheça a sua visão e aplique-a apesar dos obstáculos e falhas.
  • Seja autoguiado, em vez de ser liderado por pessoas externas.
  • Entenda o que você acredita que as pessoas precisam.
  • Seja o farol para a sua visão, inspirando outras pessoas a participarem dela.

Isso nem sempre é noticiado, já que Ford cresceu tão rápido que tinha sempre o domínio das suas decisões. Aos 16 anos ele trabalhava na fábrica da Detroit Edison Eletrical, e o seu primeiro empreendimento automobilístico foi fechado por seus investidores depois de 3 anos.

O que sustentou Ford durante esse tempo todo foi não apenas a autoconfiança, mas a sua consciência. A consciência é como uma antena, constantemente avaliando o retorno a ser enviado tanto para dentro de você, quanto para fora.

Você precisa estar consciente de onde você está em relação ao seu ambiente e aonde você se encontra em relação a si mesmo.

Além disso, Ford tinha um lado obscuro, incluindo o anti-semitismo e a sua visão foi endurecendo ao longo dos anos. Ou seja, ninguém é perfeito e todos têm suas opiniões contestáveis sobre a vida.

Alguns pontos chave

A consciência é o berço da personalidade. Tudo que você fizer, tudo que você quiser ser começa aí. Para ser um visionário bem-sucedido, você deve ser o mais consciente possível.

Em todo momento muitos caminhos podem te levar para frente. É a sua consciência que lhe diz qual o caminho certo a tomar.

Como líder, a sua consciência afeta todos ao seu redor. Aqueles que você lidera e serve dependem da sua percepção da situação. Você deve olhar para dentro para ter a resposta certa.

Você só pode aumentar a conscientização do grupo a partindo das necessidades mais básicas para as mais elevadas. Para fazer isso, você deve primeiro cumprir as suas necessidades.

Não há limite sobre o que você pode mudar, porque a consciência traz a luz a todos os aspectos da vida. Se a sua consciência for restrita, todo o resto também vai ser.

Por outro lado, se você está em um estado de consciência expandida, todo o resto vai se expandir.

Aproveite para refletir sobre si mesmo

Todo líder, ou toda pessoa que quer se tornar um líder precisa refletir primeiro sobre si mesmo, antes de refletir aonde quer chegar.

O autoconhecimento é a arma mais forte de uma pessoa para que ela alcance seus objetivos de vida. É preciso aprender a conviver com a dúvida e, canalizá-la para a consciência que temos de nós mesmos.

Hoje é véspera de carnaval. Aproveite os dias de folga para se desligar de problemas e encontrar uma conexão com você mesmo para que o seu corpo e a sua mente estejam prontos para suportar os seus maiores desafios.

Entender o nosso papel no mundo é fundamental para compreender como podemos contribuir e transformar as coisas ao nosso redor.

___

Este artigo foi adaptado do original, “The Conscious Lifestyle: A Leader Must Be Aware”, de Deepak Chopra.

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo