X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Visualizando a arte da guerra
Liderança

Visualizando a arte da guerra

Que tal ver a arte da guerra de uma outra maneira? Aqui está uma nova visão sobre o clássico de Sun Tzu


Internet Trends 2019Powered by Rock Convert

Que tal ver a arte da guerra de uma outra maneira? Aqui está uma nova visão sobre o clássico de Sun Tzu

Jessica Hagy é uma escritora profissional e uma ilustradora conhecida por suas ilustrações minimalistas que são encontradas em seu site.

O cartão típico de Hagy é um diagrama de Venn, ou um gráfico XY de uma ideia aparentemente simples, com um gancho, como o que você pode ver abaixo.

Um pequeno exemplo dos cartões de Jessica Hagy.

Um pequeno exemplo dos cartões de Jessica Hagy.

Um dia, quando Hagy estava limpando suas estantes, ela notou que possuía 3 cópias de A Arte da Guerra, do lendário Sun Tzu. Hagy sabia sobre o que o livro se tratava, mas nunca havia lido. Então ela começou a ler.

Ela foi atingida por um golpe de inspiração. Cada um dos ditames de SunTzu a atingiu como algo que ela pudesse ilustrar em seu estilo. Depois de postar alguns esforços, ela acabou ilustrando uma edição inteira de A Arte da Guerra.

O livro de Hagy pode apelar para os gestores de uma forma original, porque ela conseguiu transformar uma metáfora de sabedoria em algo que pode ser visualizado e entendido.

Por exemplo, na sua próxima reunião, você pode citar Sun Tzu sobre a arte de demonstrar a sua força, ou sobre a arte de estudar as circunstâncias, e fazê-los entender, ou pode, simplesmente mostrar a interpretação de Hagy a eles.

A arte das circunstâncias.

Hagy continuou com sua tradição de usar diagramas de Venn simples e gráficos XY com uma visão singular, com o seu gancho.

Suas interpretações são, por vezes, em linha reta, o que ela chama de sinônimos visuais, e às vezes elas são novas e irônicas interpretações de texto que ela chama de redirecionamento visual.

A mistura desses 2 se destina a dar ao livro a cadência de uma conversa.

Ela usa, por exemplo, um sinônimo visual razoavelmente feito em linha reta para retratar o texto de Sun Tzu sobre o risco e a recompensa do ataque.

Risco e recompensa do ataque.

Internet Trends 2019Powered by Rock Convert

Essas traduções diretas podem fazer com que os gerentes balancem suas cabeças em afirmação. Os redirecionamentos visuais podem fazer até mesmo os gestores rirem.

Por exemplo, Hagy coloca um modernos escritório político em rotação sobre os ensinamentos de Sun Tzu sobre pontos fortes e pontos fracos.

Pontos fortes e pontos fracos.

Em outros momentos, ela acha que, na perspectiva do líder, precisa assumir grandes ideias. De uma das ideias mais melódicas de Sun Tzu sobre as manobras, Hagy parou para pensar na natureza da estratégia.

Manobras de guerra.

Ainda assim, Hagy não pensou no livro como algo apenas para líderes. Ela tentou fazer com que o livro ressoasse em todos os níveis.

É por isso que nem todos os recursos visuais falam apenas para líderes. Sun Tzu pode ter avisado seus generais sobre a desorganização total, que acontece quando um general é fraco e sem autoridade, mas Hagy vê isso na deliciosa perspectiva dos trabalhadores.

Desorganização total.

A arte da guerra funciona tão bem, em parte porque ela trata cada conflito como algo importante para o sucesso global.

A consciência de todos os níveis de comportamento estratégico é fundamental. A estratégia acontece em cada elevação. Hagy diz ter feito o melhor para honrar esse sentimento.

___

Este artigo foi adaptado do original, “Visualizing Sun Tzu’s The Art of War”, da Harvard Business Review.

Internet Trends 2019Powered by Rock Convert
Comente este artigo

Populares

Topo