X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Método garante alta do rendimento de salões de beleza


São Luís – A cabeleireira Alzira Mota trabalha há cerca de 30 anos no ramo e o problema mais recorrente que enfrenta é o desperdício de material. “Os produtos são caros e a perda do que poderia ser aproveitado sempre dói no bolso”, relata a profissional. Preocupada com a mesma questão, a dona de um salão de beleza em Natal (RN) passou a estudar meios em que pudesse ter controle do material de trabalho usado pelos seus funcionários. Ao longo dos estudos, a paraibana Fabiana Gondim desenvolveu o método que recebeu o nome de Hair Size: um kit que inclui réguas, elásticos, potes, tabelas e até uma mini-balança digital, que avalia e mede a quantidade de produto a ser aplicada em serviços oferecidos pelos salões, como coloração dos fios, massagem capilar e alisamento.

“Quando pensamos em consumo consciente é preciso entender que esse é um conceito que transcende a questão financeira”, avalia a criadora do método. “Já pensou em quantos potes de creme a menos irão para o lixo ao longo do mês? E o quanto isso pode refletir na sustentabilidade do negócio e também do planeta?”, enumera Fabiana.

O método foi apresentado a cerca de 50 cabeleireiras maranhenses que participam do projeto Empreendedores do Segmento de Salões de Beleza, desenvolvido pelo Sebrae no Maranhão em São Luís. O projeto oferece cursos e treinamentos a proprietários e funcionários dos salões de beleza. “O nosso foco é qualificar o atendimento do setor na capital, além de estabelecer estratégias de gestão que aumentem o rendimento do negócio”, informa Hildenê Maia, gestora do projeto no Sebrae.

A dona de salão Madailda Santos, que participou do curso, conta que consegue fazer até 50 hidratações com um pote de 500g de creme capilar, cobrando uma média de R$ 40 por procedimento, totalizando uma receita de R$ 2 mil. De acordo com a criadora do Hair Size, as medições do volume e tamanho dos cabelos das clientes – e também da quantidade de produto a ser aplicado – eleva o ganho financeiro da cabeleireira. “É possível fazer até 165 hidratações com o mesmo pote de 500g, gerando um lucro de até R$ 6,6 mil”, destaca.

“Esse é um método que vou usar no meu salão. Já trouxe funcionárias para serem treinadas pelo Sebrae e tenho certeza de que deve refletir nos nossos ganhos e também na satisfação dos clientes que nos procuram”, analisa Alzira Mota.

Os salões que participaram do treinamento em gestão de produtos e resíduos receberam os kits Hair Size e o método já deve ser encontrado pelas frequentadoras dos salões de beleza da capital. Os interessados em cursos oferecidos pelo projeto podem entrar em contato pelo telefone (98) 3133 5923.

Serviço:
Agência Sebrae de Notícias MA: (98) 3216 6197 / 3216-6133
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.ma.agenciasebrae.com.br
www.facebook.com/sebraema   

Via RSS de RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Leia em RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Comente este artigo

Populares

Topo