X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Sebrae cria parcerias para ampliar venda do pirarucu


Manaus – Gestores do Sebrae e pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) se reuniram na capital amazonense para o workshop Estado da Arte da pesquisa sobre Pirarucu na Amazônia. O encontro terminou nesta terça-feira (4).

As informações coletadas serão a base do Projeto Estruturante do Pirarucu, realizado pelo Sebrae no Amazonas e que tem como objetivos estratégicos aumentar o conhecimento sobre a espécie, apoiar e fortalecer o empreendedorismo da região e contribuir para o aumento financeiro do interior do estado.

De acordo com o gestor do projeto, Célio Picanço, essas metas servem de ponte para um objetivo maior que é a abertura de novos mercados para a espécie e melhoria do alimento na mesa do consumidor. “Quando fizermos um mapeamento das lacunas que ainda não foram preenchidas nesta área poderemos focar no assunto e, em breve, prestar nossa contribuição aos produtores e sociedade em geral”, comenta ele.

Célio Picanço afirma que algumas necessidades da cadeia produtiva do pirarucu já foram identificadas e que estão sendo realizados planos de estudo e propostas para uma solução tecnológica destes problemas. “Os produtores têm dificuldades em encontrar uma ração adequada para a espécie, necessária para mantê-los saudáveis, por exemplo. Pesquisas com esse foco serão um ponto chave no projeto”, destaca o gestor.

Segundo o pesquisador do Inpa, Sérgio Guimarães, a iniciativa do Sebrae é importante, uma vez que os estudos dentro da cadeia produtiva da espécie estavam em ritmo lento por conta da falta de apoio. Ele diz que estados como Rondônia, Tocantins, Amazonas, Pará e Acre são os maiores produtores de pirarucu e necessitam de apoio tecnológico na área.

“Devemos investir em nossa própria região, temos recursos para tal e vamos desenvolver mais parcerias para que num futuro próximo possamos ser referência até em exportação de pirarucu”, finaliza Célio.

Serviço:
Sebrae no Amazonas – (92) 2121-4991
www.am.agenciasebrae.com.br
Central de Relacionamento Sebrae – 0800 570 0800

Via RSS de RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Leia em RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Comente este artigo

Populares

Topo