X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

App Economy: Games dominam App Stores, mas…


mobgames

Games dominam a economia das Apps. Segundo a empresa App Annie, 80% da receita das lojas de aplicativos estão na categoria de games e essa porcentagem está crescendo! Entretanto, segundo a pesquisa sobre a economia das Apps feita pela VisionMobile através de mais de 10 mil desenvolvedores pesquisados, 33% destes desenvolvem games, entretanto 57% não chega a ganhar 500 dólares por mês, por game.

Por que essa disparidade? A categoria que mais fatura na economia dos apps também é a que possui mais empresas e desenvolvedores na pobreza? A resposta é a concentração de renda. Apenas alguns estúdios de desenvolvedores ou publicadores ganham 10 a 100 milhões por ano.

Em poucas palavras, essa concentração aconteceu por uma sequencia de movimentos da indústria e dos desenvolvedores:

1. Pessoas adoram games. 36% dos downloads são games. [Oportunidade]

2. Custos de desenvolvimento e lançamento caem com tempo. [Oportunidade]

3. Por conta das oportunidades, vários games são lançados nas App Stores

4. Custos para promover (marketing) um game aumenta.

5. Colocar preço Free diminui fricção e custo em marketing.

6. Todos colocam preço Free, aumenta oferta de jogos Free com qualidade.

7. Poucos jogos Free conseguem reter e monetizar usuários.

8. Os que conseguem arcar os custos de marketing, conseguem rastrear, reter e monetizar seus usuários são os que investem mais, ou seja, poucos. Receita concentra-se nas mãos dos que tem mais para investir.

Segundo uma discussão no Gamesbrief, especialistas estimaram que um game que fique entre os Top Grossing (os que mais faturam), custa para desenvolver e anunciar, por volta de 1 Milhão de dólares. Poucos têm acesso a essa quantia. Ainda mais porque hoje os fundos de capital de risco estão contrários a investirem em games.

Então, qual o futuro dos pequenos desenvolvedores de mobile games? Ainda há esperanças. Primeiro: abaixe as ambições. Ganhar milhões, (exceto raros casos) custa outros milhões. Se sua startup está investindo em mobile games e você não tem essa verba toda, minha dica é: se especialize ou busque a inovação disruptiva.

Quando falo em especialização, é a criação de um tipo de game que atinge um certo tipo de público e, uma vez que você trouxe os primeiros trocados nesse modelo, cresça ele. Especialize-se.

Quando digo inovação disruptiva, é aquela que cria produtos que o mercado não poderia esperar, assim criando novos mercados e novas tendências.

O post App Economy: Games dominam App Stores, mas… apareceu primeiro em Startupi.com.br.

ebcf WOAlJXLyo

Via RSS de startupi

Leia em startupi

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo