X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

As baterias de íon de lítio do futuro vão avisar quando estão para explodir


Baterias de íon de lítio são maravilhosas, mas infelizmente existe o risco de que elas possam dar um curto-circuito e explodir. É raro, mas acontece. Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Stanford, nos EUA, acredita ter chegado a uma solução para esse problema ao construir um sistema de alarme nas baterias existentes.

Em primeiro lugar, para aqueles que não entendem muito de baterias. A primeira bateria de íon de lítio para consumidores foi lançada pela Sony em 1991, apesar de cientistas trabalharem nelas há décadas. Dentro de cada bateria existem três partes básicas: um eletrodo positivo de lítio (ou cátodo), um eletrodo negativo de carbono (ou ânodo), e uma coisa separando essas duas partes. Essa separação é o que faz com que os íons passem de um lado para o outro no processo de carga e descarga.

XtnMerECQM

Via RSS de Gizmodo Brasil

Leia em Gizmodo Brasil

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo