X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

As melhores missões de The Witcher 3, de acordo com o presidente da CD Projekt


por Bruno Izidro

A vida de Geralt de Rívia sempre foi bastante atarefada, seja matando monstros ou se envolvendo em conflitos com feiticeiras e reis. Porém, nunca o bruxeiro ficou tão ocupado como em The Witcher 3: Wild Hunt e suas centenas de missões e tarefas espalhados pelo vasto mapa do jogo.

>>> REVIEW: The Witcher 3 tem alguns problemas, mas entrega uma experiência que supera tudo

Tão ocupado quanto Geralt é o presidente e um dos fundadores da CD Projekt, Marcin Iwinski (só esperamos que ele não esteja também matando grifos por aí), mas entre uma viagem de trabalho e outra, ele arranjou um tempo para responder uma pergunta que enviamos justamente sobre aquilo que faz o mais recente jogo da empresa uma experiência tão incrível:

Qual a sua quest favorita de The Witcher 3 e por quê?

A resposta dele com certeza foi inesperada: “Aquela que me vem primeiro a cabeça é ‘The Frying Pan’”. The Frying Pan (ou “Uma Frigideira nos Trinques” na versão brasileira) é uma pequena quest que pode ser feita logo no começo do jogo, na primeira área de Pomar Branco, onde uma senhora preocupada pede que Geralt use toda a expertise de Bruxeiro para pegar… uma panela que está dentro de uma casa trancada.

“(Essa é a minha favorita) porque é divertida, totalmente inesperada e diferente do que você esperaria”, fala Iwinski. “Ao mesmo tempo, apesar de ser quase uma piada, ela faz menção à história principal e você sente que ela faz sentido e se encaixa ali”.

O fundador da CD Projekt também fala de outra missão, dessa vez mais importante, e que demonstra toda a complexidade do jogo: a longa quest do Barão Sangrento, em Velen. “Ela é uma puta história com profundidade e tons de cinza, e quanto mais você progride, mais descobre o quanto ela afeta você (ou, na verdade, eu) e a maneira como eu me sinto sobre o personagem do Barão”, explica.

“Ele parece mau, depois se torna humano, depois um indivíduo realmente perturbado e, por consequência, isso me deixa pensando sobre toda a história ainda mais, despertando emoções no processo. Tudo isso era novo e inesperado e é isso que eu espero de um jogo – ser surpreendido e desafiado o tempo todo”.

ee atpVWJWqM

Via RSS de Gizmodo Brasil

Leia em Gizmodo Brasil

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo