X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Como encontrar funcionários criativos


Criatividade

Inovar é essencial, seja nos relacionamentos, na rotina e, como não poderia deixar de ser, no trabalho também. Para manter o crescimento, uma empresa deve estabelecer a inovação como uma das metas permanentes. Enraizada na arte de inovar, a criatividade é um ingrediente que deve estar presente em todas as células do empreendimento, desde a decoração até o comportamento dos funcionários. Pensando nisso, a revista Inc escolheu algumas dicas interessantes para ajudar empresários a encontrar as pessoas certas para manter a criatividade do seu negócio a mil por hora.

Procure pessoas com visão estratégica

Segundo Nate Morley, vice-presidente da companhia Skullcandy, não importam só as decisões tomadas, mas os objetivos por trás delas e a forma com a qual o conteúdo é transmitido. “Uma boa ideia tem vida própria, mas não consegue fazer com que os outros a descubram e se encantem por ela sozinha.”

Busque perfis ecléticos

Não há nada melhor do que um profissional antenado em tudo o que acontece e que consegue ser, ao mesmo tempo, educado, eclético e ativo. O profissional ideal deve conhecer muito sobre diversos assuntos, além de apresentar uma fome insaciável de aprendizado. Geralmente, são pessoas que vivem em um “mundo” específico, mas que são flexíveis e conseguem transitar entre vários universos e assimilar pontos de vista diferentes. “Pessoas experientes, independentemente da idade, e aquelas que já moraram em diversos lugares têm mais chances de dar certo”, afirma Philip McDougall, vice presidente da agência Jack Morton.

Bons leitores têm potencial

Para Bill Winchester, vice-presidente e chefe de criatividade da agência Lindsay, Stone & Briggs, pessoas curiosas, que leem bastante sobre assuntos variados, podem contribuir com boas ideias para a sua empresa. A leitura é um bom caminho para descobrir qualidades relacionadas a criatividade, comunicação e conhecimentos gerais. Afinal, você é aquilo que você lê. 

A interação social pode valer mais que um bom currículo

Vanessa Montes, diretora de estratégia da agência Deep Focus, aconselha aos empreendedores que, na hora de entrevistar, não se orientem apenas pelo currículo do candidato. Há certas características essenciais que não constam dos currículos e que só podem ser realmente percebidas em situações em que haja interação social, o famoso “olho no olho” e um aperto de mão firme e forte.

Cuidado com egos famintos

Além das características acima mencionadas, a humildade apresenta-se como uma das mais fundamentais. Uma pessoa verdadeiramente criativa é capaz de traduzir um complexo sistema de ideias de forma simples e encontrar as ferramentas mais adequadas para colocá-la em prática. A vaidade nunca deve ficar em primeiro plano. “Lidere dando o exemplo”, afirma Julien Le Bas, líder de práticas criativas da agência Jack Morton.

Via RSS de Papo de Empreendedor

Leia em Papo de Empreendedor

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo