X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Empresários cariocas criam sistema online para administrar negócios


effbdd metacertaOs cariocas do MetaCerta, startup que lançou seu produto na última segunda-feira, dizem querer ajudar os empreendedores que querem “fugir das planilhas complicadas e do alto custo da compra de softwares de administração financeira”. Para isso, eles criaram um serviço de gerenciamento empresarial on-line que centraliza as operações das companhias.

“Começamos a trabalhar em um sistema de painéis de controle, depois de termos feitos projetos envolvendo a visão gerencial dos sistemas de gestão”, me disse Rafael Santos, o CEO da MetaCerta, por telefone. “Já nos primeiros clientes, vimos que havia uma grande insatisfação com os sistemas de gestão atuais.”

Assim, a empresa se juntou com um grupo de companhias interessadas em criar um sistema novo, que fosse “mais simples, moderno e fácil de ensinar para os funcionários”. Durante a criação, ele conta que encontrou uma base de empresas que não tinham um software de administração disponível no mercado. “Começamos a pensar em captação, em um sistema base de gestão, com classificação de contas e pagar e receber, por exemplo”, conta Rafael.

O serviço foi lançado na segunda-feira e, por enquanto, os clientes podem comprar de um a 40 usuários de acesso ao sistema. A ideia é, no futuro, ter todas as etapas da gestão centralizadas, mas, por enquanto, só a parte financeira está no ar. “Vamos lançar ao longo do ano as ferramentas de administração de estoque, compras, manutenção e planejamento”, adianta o CEO.

O financiamento, por enquanto, vem dos próprios sócios e dos clientes que ajudaram a desenvolver a plataforma e agora pagam por ela. Algumas funções do produto são gratuitas, mas é preciso pagar por certas funções. Rafael conta que o preço varia de acordo com o número de usuários –o valor vai até R$ 50 por usuário por mês, mas diminui com o volume de usuários. Na promoção de lançamento, o sistema completo está gratuito por dois meses.

Para o futuro, Rafael diz que quer que o MetaCerta se torne um hub centralizador dos serviços usados pelo empresário, tornando o sistema integrado com outras soluções da web, como o Gmail ou ferramentas de mailing. A meta da startup é estar arrecadando R$ 1,4 milhão por mês no final de seu terceiro ano de vida.

Assista a um vídeo criado pela empresa para apresentar seu software:

dedecaaaOTXZnmRs

Via RSS de startupi

Leia em startupi

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo